Projetos de ciência e tecnologia desenvolvidos nas escolas catarinenses são premiados em Feira Estadual

Continua após a Publicidade

Nove projetos de ciência e tecnologia foram premiados na tarde desta quarta-feira, 30, na 14° Feira Estadual de Ciência e Tecnologia da Educação Básica e Profissional da Rede Pública de Ensino. Os trabalhos com soluções inovadoras e sustentáveis foram desenvolvidos por estudantes da rede pública estadual.

Foram dois dias de Feira, que reuniu 100 trabalhos e contou com a participação de mais de 200 estudantes de todas as regiões do estado. Foram premiados trabalhos dos anos finais do Ensino Fundamental, do Ensino Médio e do Ensino Profissionalizante. Além da premiação com notebooks, celulares e relógios, a Feira promoveu a troca de experiências entre as escolas e incentivou a divulgação científica. Os trabalhos foram avaliados por uma equipe da Secretaria de Estado da Educação (SED).

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -
Continua após a Publicidade

O secretário de Estado da Educação, Vitor Balthazar, parabenizou os estudantes pelos projetos apresentados e lembrou das ações realizadas pelo Governo do Estado para levar tecnologias às escolas. “A Feira é um espaço de promoção e de difusão do conhecimento, assim como as escolas, cada vez mais tecnológicas. Os Espaços Maker, por exemplo, são laboratórios que irão contribuir e fomentar ainda mais as novas ideias, ajudando no desenvolvimento e na criatividade de nossos estudantes. Ficamos felizes em oportunizar essa troca de experiências porque sabemos que através da ciência e do conhecimento, é possível chegar cada vez mais longe”, finalizou.

Feira fomenta a iniciação científica

Notícias de Santa Catarina - SC HOJE News

Antes de chegarem à Feira Estadual, os trabalhos passam por outras duas etapas. A primeira ocorreu nas escolas e os melhores projetos passaram para a etapa regional. As 36 Coordenadorias Regionais de Educação foram responsáveis pela segunda etapa, que é organizada na forma de Feira Regional e classifica os trabalhos em destaque para o evento estadual. Por fim, a etapa estadual reúne os principais trabalhos selecionados nas etapas regionais, contribuindo para o aperfeiçoamento das atividades realizadas.

“A escola é lugar de produção de conhecimento e esses alunos encontraram na investigação e na pesquisa um campo frutífero para o desenvolvimento. Ficamos muito felizes de oportunizar momentos como esse na educação básica”, destacou a diretora de Ensino da SED, Letícia Vieira.

A Feira é realizada desde 2006 no Estado e, além de promover a integração entre as escolas, a divulgação dos trabalhos e fomentar a iniciação científica, os projetos selecionados poderão representar o Estado em outras feiras nacionais.

Confira a lista dos trabalhos vencedores:

Ensino Profissionalizante

1° LUGAR: Sistema de Aquaponia Autossustentável
EEB Prof. Jurema Savi Milanez, Quilombo

2° LUGAR: Analisar comparativamente métodos de plantio da mandioca
CEDUP Campo Erê, Campo Erê

3° LUGAR: Sulfato de cálcio a partir de Resíduos Industriais
CEDUP de Chapecó, Chapecó

Ensino Médio

1° lugar: Agrotóxico: herói ou vilão?
EEB Bruno Heidrich, Mirim Doce
2° LUGAR: Pastelaria Arco-íris
EEB Sete de Setembro, Águas Frias

3° LUGAR: Carregador de Celular Fotovoltaico
EEB Cecília Vivan, Salto Velozo

Ensino Fundamental

1° LUGAR: Pilhas, baterias, o que fazer com elas?
EEB Bruno Heidrich, Mirim Doce

2° LUGAR: Explorando os Bioplásticos: propostas sustentáveis
EEB Orestes Guimarães, São Bento do Sul

3° LUGAR: Captação da Água da Chuva: Limpeza e distribuição
EEF Padre João Rick, São João do Oeste

Fonte: Governo SC

Continua após a Publicidade