Prefeitura de Blumenau integra Rede Metropolitana de Internet para instituições de ensino

Continua após a Publicidade

Fornecer internet de alta velocidade a universidades, centros de pesquisa e escolas municipais, por meio de uma rede de mais de 100km de fibra ótica. É com este objetivo que a Prefeitura de Blumenau se uniu à Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP), Furb e Fapesc para a criação de uma rede metropolitana de internet que passa a interligar instituições de ensino sediadas em Blumenau e região. O projeto integra a Rede Acadêmica Catarinense, e foi apresentado nesta terça-feira, dia 29, em solenidade realizada na Furb.

O município, por meio da Secretaria de Gestão Governamental (Segg), contribuiu com a cessão do seu estoque de cabos de fibra ótica para a interligação de 11 pontos estratégicos, como o campus da FURB; o laboratório e as unidades acadêmicas da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC); o campus de Blumenau do Instituto Federal Catarinense (IFC); o Instituto GENE – Centro de Inovação de Blumenau; e ainda o campus do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) em Gaspar. Em contrapartida, teve sua rede municipal de ensino integrada à rede metropolitana, com acesso a internet de alta velocidade para todas as 128 escolas e CEIs, e com a possibilidade de futuramente utilizar serviços avançados da RNP. 

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -
Continua após a Publicidade

Além de estudantes e professores, a comunidade em geral também será beneficiada, pois o novo sinal de internet poderá ser acessado também pelos pontos do Blumenau Conecta, instalados nas instituições de ensino municipais. “Nós já temos 100% dos prédios públicos de Blumenau conectados à rede de fibra ótica e todos os nossos serviços operam com um sinal de internet de qualidade. Durante a pandemia, graças à infraestrutura que já tínhamos, saímos na frente no ensino remoto e nossos alunos não ficaram desamparados. Agora, essa parceria com a RNP vem somar aos nossos esforços de tornar Blumenau uma cidade cada vez mais conectada e inteligente, ampliando o fornecimento de serviços digitais à população, nesse caso em especial os da Educação, com o objetivo de garantir que nossos estudantes tenham ainda mais acesso ao conhecimento, com o apoio da tecnologia”, afirma o prefeito Mário Hildebrandt.

Sobre o projeto de redes metropolitanas

Todas as instituições de ensino municipais passam agora a integrar o programa da RNP chamado Pontos de Agregação da Rede Acadêmica Catarinense, dando origem à PARC-Blumenau. Essa rede permite acesso a uma infraestrutura de alto desempenho para a realização de pesquisas, experimentações e outras funcionalidades, com capacidade de transmissão de dados em altíssima velocidade. A linha está em vias de se tornar operacional, garantindo às instituições uma série de benefícios, como maior qualidade ao se ministrar aulas na modalidade de ensino à distância (EAD) e mais facilidade para a realização de atividades em laboratórios virtuais.

A iniciativa que foi lançada em Blumenau faz parte do Programa Redes Metropolitanas Comunitárias de Educação e Pesquisa (Redecomep), da RNP, que implementa conexões nas regiões metropolitanas e em cidades do interior do país.

No total, mais de 555 instituições consorciadas no Brasil já utilizam a Redecomep, que conta com 44 redes óticas. A cobertura total dessas redes já ultrapassou a marca de 3,7 mil km de fibra ótica em todo o país, garantindo ainda um acesso às redes nacional e mundial de pesquisa, por meio de conexões de alto desempenho nas cidades beneficiadas. As redes estão presentes nas 27 capitais e em 20 municípios do interior.

Assessora de Comunicação: Aline Franzoi Santos Fleith, com informações da Assessoria de Comunicação da Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP)

postada em 29/11/2022 16:23 – 3 visualizações

Fonte: Prefeitura de Blumenau SC

Continua após a Publicidade