Em despedida do Senado, Jorginho Mello destaca parceria com o presidente Bolsonaro

- PUBLICIDADE -
Continua após a Publicidade

Eleito por duas vezes o melhor senador do Brasil, criador do Pronampe, maior linha de crédito da história do País, e fiel defensor do presidente Bolsonaro, o governador eleito, Jorginho Mello, despediu-se, nesta segunda-feira, do Senado Federal.

Com a presença de familiares, ele discursou durante sessão solene em homenagem aos micros e pequenos empresários, segmento que defendeu com unhas e dentes durante seu mandato.

- PUBLICIDADE -
Continua após a Publicidade

Mello agradeceu aos catarinenses por acreditarem no seu trabalho e fez um balanço dos quatro anos de atuação, destacando principalmente sua parceria com o presidente Bolsonaro. Citou vários projetos em defesa dos empreendedores, a exemplo do MEI Caminhoneiro e o Pronampe, que salvou, só em Santa Catarina, 750 mil empregos e mais de 75 mil empresas, ao emprestar mais de R$ 5 bilhões.

“Quando chamei o presidente Bolsonaro durante a pandemia e apresentei o Pronampe, ele, imediatamente, chamou o Paulo Guedes e começamos a trabalhar o projeto. Ele nunca negou meus pedidos a favor de quem empreende e trabalha nesse País. Se eu tive sucesso como senador vossa excelência tem total participação nisso. Por isso quero agradecer muito o presidente por tudo”, destacou Jorginho Mello, ressaltando que irá continuar cuidando do segmento em Santa Catarina.

Também falou do orgulho de ter sido eleito por duas vezes o melhor senador do Brasil e do sentimento de dever cumprido. “Feliz do brasileiro que dedica parte da sua vida ao bem comum ao participar da política, cuidando das pessoas. O Brasil precisa disso. Deixo o Senado com a certeza de que contribui com o Brasil, este Brasil que é mais forte do que tudo, mais forte que qualquer crise”, frisou ele, que aprovou 16 leis, um recorde na Casa.

Mello ainda desejou sucesso para sua primeira suplente, Dona Ivete Appel, que irá assumir o mandato como senadora titular. “Não tenho duvidas que serás uma grande senadora e que irás exercer os quatro anos que o ex-governador Luz Henrique da Silveira não conseguiu completar em vida”, disse ele.

Continua após a Publicidade

Da redação do Portal SC Hoje News. DÊ SUA OPINIÃO SOBRE A QUALIDADE DO CONTEÚDO QUE VOCÊ ACESSOU. Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e envie sua mensagem por e-mail [email protected] ou pelo WhatsApp 48 99208.8844