Richarlison faz dois e Brasil vence Sérvia na estreia na Copa do Mundo

- PUBLICIDADE -
Continua após a Publicidade

Com dois gols de Richarlison já no segundo tempo, o Brasil venceu a Sérvia por 2 a 0 na estreia da Copa do Mundo em jogo realizado nesta quinta (24), no Estádio Lusail, em Lusail, no Catar.

O resultado coloca o Brasil na primeira posição do grupo no saldo de gols, já que no outro jogo do grupo, a Suíça venceu Camarões por 1 a 0 na manhã desta quinta, com gol do camaronês naturalizado suíço Breel Embolo.

- PUBLICIDADE -
Continua após a Publicidade

O Brasil volta a jogar na próxima segunda (28), quando enfrenta a Suíça às 13h (horário de Brasília). A outra partida do grupo acontece também na segunda, mas às 7h, entre Camarões e Sérvia.

O JOGO

Tite confirmou os relatos dos últimos treinos e colocou sua formação mais ofensiva em campo, tirando Fred para colocar Vinícius Júnior, com o jogador do Real Madrid ocupando a ponta esquerda e Neymar tendo mais liberdade pelo meio junto com Lucas Paquetá. Enquanto isso, a Sérvia não pode contar com duas de suas estrelas no início da partida, os baleados Filip Kostic e Dusan Vlahovic.

Após dez minutos com as seleções buscando entender como chegar ao ataque da melhor forma, o Brasil teve sua primeira oportunidade em uma boa jogada de Vinícius Júnior. No entanto, a bola foi desviada para escanteio. Na cobrança, Neymar tentou o gol olímpico e o goleiro Milinkovic-Savic desviou para novo escanteio.

Aos 20, o Brasil finalizou ao gol pela primeira vez. Casemiro bateu de fora da área e o goleiro sérvio defendeu em dois tempos. Pouco tempo depois, o volante deu um ótimo passe para Vinícius Júnior, mas Vanja chegou antes e afastou o perigo.

Aos 34, Raphinha e Paquetá fizeram uma excelente tabela e o meia do Barcelona teve uma excelente chance, mas bateu fraco e facilitou para o goleiro adversário. A Sérvia foi ao ataque com cruzamento de Zivkovic e Mladenovic mandou para fora de cabeça. Em um lançamento direto da defesa, Vini Jr. ganhou do zagueiro na corrida, mas o sérvio conseguiu se recuperar para bloquear a tentativa do ponta esquerda.

Logo na volta do intervalo, com menos de um minuto, o Brasil roubou a bola no campo de ataque e Raphinha parou no goleiro sérvio. Não demorou muito para que a Seleção tivesse outra oportunidade, mas Neymar bateu falta em posição perigosa na barreira. Aos 9, Vini Jr fez boa jogada pela esquerda e achou Neymar na área. O camisa 10 bateu de esquerda e a bola foi para fora.

Com dificuldades de entrar na área, Alex Sandro disparou de fora da área e a bola explodiu na trave sérvia. Aos 17, o Brasil finalmente conseguiu vencer a barreira dos europeus. Neymar tentou achar espaço na área, Vini Jr bateu para o gol e o goleiro deu rebote. Richarlison estava lá e empurrou para o gol.

A Seleção teve chance de ampliar pouco depois. A cobertura sérvia conseguiu impedir a arrancada de Neymar, mas a bola sobrou para Vini Jr, que escorregou na hora de bater para o gol e mandou para fora. em uma série de escanteios aos 25, a Sérvia levou perigo, com a bola pipocando na área antes que a defesa brasileira conseguisse afastar.

Aos 28, o Brasil ampliou a vantagem com a mesma combinação que gerou o primeiro. Vini Jr fez boa jogada pela esquerda e cruzou na área. Richarlison chegou a dominar errado, mas emendou de voleio para marcar um golaço.

Após mudanças na parte ofensiva da equipe e um susto quando Neymar chorou e precisou colocar gelo no tornozelo, Casemiro chegou na entrada da área e acertou o travessão sérvio.

FICHA TÉCNICA

BRASIL x SÉRVIA

Local: Estádio de Lusail, em Lusail (Catar)
Data/Horário: 24/11/2022, às 16h (horário de Brasília)
Árbitro: Alireza Faghani (IRN)
Assistentes: Mohammadreza Mansouri (IRN) e Mohammadreza Abolfazli (IRN)
Árbitro de Vídeo: Abdullah Al Marrih (CAT)

Cartões amarelos: Pavlovic, Gudelj, Lukic (SRB)
Cartões vermelhos:

Gols: Richarlison (17’/2T, 1-0), Richarlison (28’/2T, 2-0),

BRASIL

Alisson, Danilo, Thiago Silva, Marquinhos, Alex Sandro; Casemiro; Raphinha (Gabriel Martinelli, 42’/2T), Lucas Paquetá (Fred, 31’/2T), Neymar (Antony, 35’/2T), Vinícius Júnior (Rodrygo, 31’/2T); Richarlison (Gabriel Jesus, 33’/2T). Técnico: Tite.

SÉRVIA

Vanja Milinkovic-Savic, Strahinja Pavlovic, Nikola Milenkovic, Milos Veljkovic; Andrija Zivkovic (Nemanja Radonjic, 11’/2T), Nemanja Gudelj (Ivan Ilic, 11’/2T), Sasa Lukic (Darko Lazovic, 21’/2T), Filip Mladenovic (Dusan Vlahovic, 21’/2T); Dusan Tadic, Sergej Milinkovic-Savic, Aleksandar Mitrovic (Nemanja Maksimovic, 38’/2T). Técnico: Dejan Stankovic.

Continua após a Publicidade