Camboriú conta com uma sala de acolhimento a mulheres vítimas de violência doméstica

Continua após a Publicidade

Polícia Civil de Santa Catarina disponibiliza Sala Lilás com acompanhamento especializado

Na manhã desta quinta-feira, 24, foi entregue oficialmente ao município de Camboriú a Sala Lilás, que está disponível para atendimento da comunidade dentro da Comarca Central da Polícia Civil de Camboriú. O espaço é destinado ao acolhimento e atendimento especializado para mulheres, crianças, adolescentes e idosos vítimas de violência em Camboriú.

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -
Continua após a Publicidade

“A união de todos só traz bons resultados para a nossa cidade. Temos orgulho em dizer que hoje Camboriú evoluiu muito em termos de estrutura de apoio a mulheres vítimas de violência doméstica”, enfatizou o secretário de Desenvolvimento e Assistência Social, Edson Godinho Mafra Júnior.
Durante a solenidade, V.R., de 46 anos, que por 26 anos sofreu violência doméstica relatou sua experiencia de vida e as agressões que sofreu em seu relacionamento. “É muito importante a vítima saber que ela não está sozinha. Que ela tem apoio e pode buscar ajuda para mudar sua realidade”, desabafou.

Participaram do evento o presidente empossado da OAB Camboriú, Maikon Rafael Matoso, a representante do Conselho Municipal do Direito das Mulheres (CMDM) e da OAB Por Elas de Camboriú, Káthia Soares, o sub-comandante da 3ª Companhia do 12º Batalhão de Polícia Militar, com sede em Camboriú, Diogo Miester, o delegado-geral adjunto da Polícia Civil, dr. Fernando Callfass, a diretora da Associação de Delegados da Polícia Civil (Adepol), dra. Ester Fernanda Coelho e a coordenadora das Delegacias de Proteção à Criança, Adolescente, Mulher e Idoso (DPCAMIs) em Santa Catarina, delegada Patrícia Zimmermann D’Ávila.
Camboriú foi a sétima sala inaugurado em Santa Catirna, além disso, as cidades de Penha, Timbó, Xaxim, Capinzal e Fraiburgo também passam a contar com um espaço especializado. “Hoje posso dizer que é a realização de um sonho, pois acompanhamos as demandas de todas as cidades de Santa Catarina e os dados demonstram a necessidade de ofertarmos um espaço de atendimento diferenciado como este. A união das forças da segurança, em prol a mulher, só mostra o nosso comprometimento em combater crimes como os da violência doméstica”, ressaltou a delegada Patrícia Zimmermann D’Ávila.
A Sala Lilás faz parte da iniciativa da Polícia Civil durante a ação Verão Seguro realizado em 2020. O espaço foi implantado como projeto piloto na cidade de Florianópolis em dezembro de 2020, e agora o projeto está sendo expandido para mais seis cidades no Estado. Todas as salas são idênticas e contam com um profissional especializado para atender a vítima.

Fonte: Prefeitura de Camboriú – SC

Continua após a Publicidade