Programa de Combate à Dengue realiza mais de 1.600 visitas durante o mês de novembro

- PUBLICIDADE -
Continua após a Publicidade

Dados fazem parte do Levantamento do Índice Rápido para o Aedes aegypti (LIRAa)

A Secretaria de Saúde, por meio do Programa de Combate à Dengue, realizou entre os dias 7 e 15 de novembro, o Levantamento do Índice Rápido para o Aedes aegypti (LIRAa). A pesquisa contou com 1.671 visitas, onde 69 focos foram encontrados. Ao serem examinados, 11 tinham a presença do Aedes aegypti. Dentre os pontos, estão pequenos depósitos móveis e em locais onde lixos foram descartados. Em 2022, o estado de Santa Catarina teve aumento nos casos de dengue, com 83.034 casos e 90 óbitos registrados. Apesar da situação no estado, Camboriú encontra-se em baixo risco, porém cuidados continuam sendo indispensáveis, pois ainda há transmissão de dengue no município.

- PUBLICIDADE -
Continua após a Publicidade

A Equipe do Programa de Combate à Dengue recomenda algumas ações para que os focos dos mosquitos sejam controlados. São algumas medidas a serem adotadas para evitar a proliferação do mosquito: evitar deixar água parada nos vasos de plantas e piscinas; manter com tampa, sempre que possível, caixas d’água, lixeiras, tonéis e ralos; limpar calhas e armazenar corretamente o lixo.

O Programa realiza, diariamente, diversas visitas para localizar irregularidades e atender denúncias feitas por moradores do município. Agora, foram aumentadas as fiscalizações em locais estratégicos, como o comércio, que geralmente possui área externa com acúmulo de recipientes e materiais que possam servir de criadouro do mosquito. A comunidade pode contribuir, denunciando possíveis pontos de armazenamento de água que possam servir como foco. As queixas podem ser protocoladas pelo número: (47) 3365-9400.

Notícias de Santa Catarina - SC HOJE News

Fonte: Prefeitura de Camboriú – SC

Continua após a Publicidade