Cia de teatro de Itajaí é premiada em festivais nacionais

Continua após a Publicidade

A Téspis Cia. de Teatro, de Itajaí, acaba de retornar de viagens por três estados brasileiros, onde participou de mostras e festivais renomados no país. O grupo foi reconhecido com quatro prêmios e outras seis indicações.

A primeira participação foi no 16º Festival de Teatro da Amazônia, em Manaus, estado em que o grupo foi pela primeira vez, com a peça “Índice 22”, que conquistou os prêmios de melhor atriz para Denise da Luz e melhor dramaturgia para Max Reinert. Além disso, o grupo recebeu as indicações de melhor direção para Max, designer de som para Hedra Rockenbach e dramaturgia do corpo para Denise.

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -
Continua após a Publicidade

Em seguida, a Cia integrou a programação do 50º Fenata – Festival Nacional de Teatro de Ponta Grossa, no Paraná, onde já participou de cinco edições. Neste festival, foram selecionados os espetáculos “Papelê – uma aventura de papel” na mostra competitiva e “Índice 22” na mostra “Telmo Faria” (mostra paralela não competitiva que acontece em horário alternativo). Papelê foi premiado com o troféu de melhor espetáculo para crianças e melhor trilha sonora para Hedra Rockenbach, recebendo ainda as indicações de melhor atriz para Denise, melhor direção para Max e melhor cenário para Max e Denise.

A última parada da companhia foi no 16º Festival Velha Joana, em Primavera do Leste, no estado do Mato Grosso, onde o grupo esteve também pela primeira vez. Este festival não era competitivo, mas passou por uma seleção que incluía mais de 200 espetáculos inscritos de todo o Brasil.

“As experiências dos festivais são de fundamental importância para a história de um grupo, pois oferecem a oportunidade de intercâmbio entre artistas, além de conhecermos a cultura de outras regiões”, afirma Max Reinert. “Boa parte da formação e reconhecimento do trabalho da companhia se deu participando de festivais pelo Brasil e exterior”, acrescenta Denise da Luz.

Os dois espetáculos premiados foram contemplados na Lei Municipal de Incentivo à Cultura, em edições diferentes, com o patrocínio do Município de Itajaí e da Fundação Cultural de Itajaí. No momento, a companhia trabalha na montagem de seu novo espetáculo para crianças “A maravilhosa princesa das bolinhas”. Inspirado na vida e obra de uma das artistas plásticas mais reconhecidas no mundo, a japonesa YayoiKusama, o trabalho tem estreia prevista para abril de 2023.

Fonte: Prefeitura de Itajaí

Continua após a Publicidade