Saretta alerta para que pais levem bebês para se vacinarem contra a Covid-19

Continua após a Publicidade

O deputado Neodi Saretta (PT), presidente da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa (Alesc), faz um alerta para que os pais ou responsáveis de bebês entre seis meses e dois anos procurem as unidades básicas de saúde para vacinar os seus filhos contra a Covid-19. O imunizante começou a ser disponibilizado a partir desta sexta-feira (18) nos municípios catarinenses.

Segundo ele, a vacina da Pfizer mostrou-se extremamente segura para essa faixa etária e foi analisada por diversas associações médicas, como a Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI), a Sociedade Brasileira de Imunologia (SBI) e a Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP). Além disso, ela possui apresentação e dosagem diferenciada da formulação utilizada em outros públicos-alvo.

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -
Continua após a Publicidade

“Imunizar também esta faixa etária é reduzir o risco de novas ondas da Covid-19, como esta que estamos tendo neste momento, com a confirmação de uma subvariante da Ômicron, a BQ.1, no Brasil. Em Santa Catarina, os casos dispararam neste mês de novembro e voltamos a intensificar os cuidados. Em alguns municípios, voltou a recomendação para o uso de máscaras para a prevenção e o controle da disseminação de vírus”, disse Saretta.

Santa Catarina recebeu 34 mil doses para este público-alvo. Dessas, 11.290 serão distribuídas, enquanto as outras serão armazenadas para garantir a aplicação da segunda e terceira doses. O público estimado para a vacinação nessa faixa etária é de 244.674 bebês e crianças no estado. “Há vacina para apenas 4% do público-alvo e, portanto, a aplicação será escalonada por faixa etária, dando prioridade às crianças com comorbidades, e dos menores para os maiores”, explica o parlamentar.

Segundo Saretta, a vacina para bebês já chega com bastante atraso, uma vez que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou em 16 de setembro e só agora ela começa a chegar nos municípios e em doses insuficientes.

Juliana WIlke

Assessoria Coletiva | Bancada do PT na Alesc | 48 3221 2824  [email protected]
Twitter: @PTnoparlamento | Facebook: PT no Parlamento

Fonte: Agência ALESC – Gabinetes

Continua após a Publicidade