Pais voltam a enfrentar filas em busca de vagas nas escolas de Itajaí

- PUBLICIDADE -
Continua após a Publicidade

Todos os anos pais de estudantes passam noites em filas em busca de vagas na Rede Municipal de Ensino de Itajaí, especialmente para os alunos do 1º ano do Ensino Fundamental. Buscando tornar o processo das matrículas mais humanizado e, principalmente, garantir igual oportunidade aos candidatos às vagas, a vereadora Anna Carolina Martins (PSDB) formalizou – antes do início do prazo das matrículas – indicação solicitando que a Secretaria de Educação em parceria com a Secretaria de Tecnologia realizasse “Inscrições On-line”, podendo iniciar como projeto-piloto pelas escolas onde há formação de filas para a matrícula, utilizando inclusive o app Conecta.í. Pedido que não foi atendido.

“É triste que em Itajaí, todos os anos, os pais tenham que dormir na fila para matricular seus filhos, sem a garantia de que irão conseguir as vagas naquela determinada escola. Uma situação que não combina com os tempos atuais. A inscrição on-line, sugerida por mim, pode ser feita pelo computador ou celular, em qualquer lugar onde os pais se encontrem, elimina as filas e garantindo igual oportunidade a todos. Em casos onde os pais não têm acesso à internet, poderiam utilizar os computadores dos laboratórios de informática das escolas”, explicou a parlamentar.

- PUBLICIDADE -
Continua após a Publicidade

Em diversos outros municípios, como Balneário Camboriú, essa modalidade já existe há alguns anos e funciona da seguinte forma: o Município disponibiliza um link onde os pais irão preencher um formulário de inscrição. A abertura da inscrição on-line ocorre em horário e data programados pelo Município e amplamente divulgados aos pais, que também saberão o número de vagas disponíveis para cada escola e turma. As vagas são garantidas por ordem de inscrição, já que o sistema registra o horário em que a inscrição on-line foi finalizada. As inscrições feitas após o preenchimento do número de vagas disponíveis, ficarão numa fila de espera e chamadas caso ocorra abertura de vagas, inconsistências ou desistências. Após a inscrição, o sistema gera um número de protocolo e agenda a data e horário que os pais terão que comparecer na escola para formalizar a matrícula.

“Basta boa vontade para querer resolver esse problema, já que somos um Município que conta com recursos e mão de obra capacitada para desenvolver esse sistema”, finalizou a parlamentar.

Continua após a Publicidade

Da redação do Portal SC Hoje News. DÊ SUA OPINIÃO SOBRE A QUALIDADE DO CONTEÚDO QUE VOCÊ ACESSOU. Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e envie sua mensagem por e-mail [email protected] ou pelo WhatsApp 48 99208.8844