No Dia da Democracia, Paulinha critica intolerância política

- PUBLICIDADE -

Liderando a maior votação do Podemos no Estado nesse pleito, atingindo o recorde de quase 60 mil votos de confiança dos catarinenses em seu mandato, a deputada Paulinha, no dia que celebra a Democracia, na data de 25 de outubro, voltou a defender que a intolerância não pode pautar as questões políticas e que o respeito às opiniões divergentes é o alicerce da cidadania.

“A intolerância tem que ser exterminada de nossa sociedade”, avalia a deputada em entrevista ao jornalista Denis Luciano, na Rádio Cidade, de Criciúma. A entrevista rendeu inúmeros comentários propositivos dos ouvintes e internautas pela postura coerente da parlamentar nesse atual momento político.

- PUBLICIDADE -

Paulinha revelou que vai votar de modo secreto e silencioso, como qualquer cidadão, e que não irá revelar o seu voto e nem ser oportunista em apoiar outro candidato ao governo do Estado. “O meu candidato perdeu. Então me limito apenas a exercer o meu direito de cidadã no dia 30 de outubro”, avalia, criticando com veemência a intolerância política que tomou conta do país.

“Coação eleitoral não é legal”, avaliando ainda que o Brasil não tem espaço para a censura.  “Liberdade de expressão tem que ser respeitada. Mas tem que haver limite para libertinagens e atos de ofensas”, avalia.

Em suas redes sociais, a  parlamentar já tinha se pronunciado a respeito da intolerância que tomou conta do Brasil.  Paulinha destacou que é uma mulher que sonha e luta com todas as suas forças por um país democrático, justo e que acredita na amizade cívica. “E é isso que lamentavelmente estamos perdendo de lavada. Vem o segundo turno aí, e se você vota 22 ou 13? Bom, é seu direito. Defender suas convicções com firmeza também. Mas subjugar, humilhar, cancelar, excluir alguém por conta de uma opção de voto, isso sim é inadmissível”, avaliou.

Paulinha avalia que o país não pode se afastar da civilidade, da discussão equilibrada e fraterna.  “De defender o que julgamos melhor sem perder a tolerância para com aqueles que pensam diferente de nós”, disse.    

Valquiria Guimarães
Assessoria de Comunicação
Deputada Paulinha
048 991047676

Fonte: Agência ALESC – Gabinetes