Naatz quer explicações sobre obra do complexo hospitalar

- PUBLICIDADE -

O deputado e líder da bancada do PL na Assembleia Legislativa, Ivan Naatz, cobrou em plenário explicações detalhadas do governo e do Tribunal de Contas do Estado sobre o andamento do projeto de construção, em parceria com a iniciativa privada, do complexo hospitalar de Santa Catarina, segundo foi anunciado no início desta semana pelas redes sociais do governador Carlos Moisés.

“É muito dinheiro envolvido; são R$ 872 milhões, quase 1 bilhão de reais e não é recomendável que aconteça no apagar das luzes do Governo Moisés, que foi reprovado nas urnas pela sociedade catarinense”, afirmou Naatz. O deputado acrescentou que “vai ficar de olho”, fiscalizar junto a Secretaria de Estado da Saúde e todos os interesses envolvidos “nessa pressa” do governador em agilizar o projeto em fim de mandato.

- PUBLICIDADE -

“O histórico deste atual governo não é nada satisfatório na área da saúde. Todos se lembram da fraude no caso dos respiradores fantasmas e da falta de leitos de UTI na rede hospitalar durante e depois da pandemia “, observou.

O projeto do complexo hospitalar foi protocolado no dia 1º de julho deste ano no Tribunal de Contas do Estado (TCE). O objetivo seria unificar as operações do Hospital Infantil Joana de Gusmão, a Maternidade Carmela Dutra e os hospitais Celso Ramos e Nereu Ramos, no Bairro da Agronômica. O prazo do TCE para análise dos documentos era de 60 dias.

Comunicação Gabinete 
 

Fonte: Agência ALESC – Gabinetes