Camilo Martins defenderá integração do transporte público na Gde. Florianópolis

- PUBLICIDADE -

A Grande Florianópolis, em especial a cidade de Palhoça, continuará representada na Assembleia Legislativa a partir de 1º de fevereiro de 2023, quando tem início a próxima legislatura. O advogado Camilo Martins, ex-prefeito do município, foi eleito deputado pelo Podemos no último dia 2 de outubro.

“Foi um trabalho muito intenso na Grande Florianópolis, mas também no restante do estado, onde apresentamos para o eleitor o que queremos levar para Santa Catarina nesse mandato”, disse. “Tivemos um bom resultado, com uma votação expressiva na Grande Florianópolis e com uma surpreendente votação por todo o estado.”

- PUBLICIDADE -

Na Alesc, o novo deputado pretende utilizar a experiência adquirida na prefeitura para desenvolver ações em prol da Grande Florianópolis e de Santa Catarina. “Venho para somar, em ajuda aos catarinenses. Vamos mostrar as boas práticas que fizemos em Palhoça, para tentar replicar isso em todo o estado.”

A desburocratização será uma das bandeiras do mandato, explica Camilo. “Fizemos na prefeitura uma legislação moderna e eficiente, onde reduzimos impostos para as empresas, pensando na geração de empregos”,afirma. “A geração de empregos é uma bandeira muito forte porque, mesmo com Santa Catarina sendo um dos melhores estados do Brasil, não podemos deixar de ter essa eficiência no setor público para que os empreendedores possam, além gerar empregos, contribuir com receita para o Estado.”

A integração do transporte urbano na região metropolitana da Capital também está entre as prioridades do mandato de Camilo Martins.

“Nós temos o pior transporte público do Brasil. O morador que sai do Aririu [Sul de Palhoça] e vai para São Pedro de Alcântara, tem que pagar uma tarifa, passar pela Via Expressa, caminhar 10 minutos para ir a outro terminal, pagar outra passagem, passar de novo pela Via Expressa para chegar ao destino final”, comenta. “Vamos ter uma atuação muito forte para buscar essa integração. Já estamos trabalhando nesse sentido, para trazer todos os atores envolvidos nessa discussão.”

Natural de Palhoça, Camilo Nazareno Pagani Martins tem 42 anos e é advogado. Seu pai é o atual deputado estadual Nazareno Martins, também do Podemos. Camilo iniciou a carreira profissional em escritório de advocacia e se tornou procurador da Câmara de Vereadores de Palhoça. Em 2012, venceu a eleição para prefeito em sua cidade natal e foi reeleito para o cargo, quatro anos depois. Na eleição deste ano, obteve 44.925 votos e ficou com a segunda vaga do Podemos para a Assembleia Legislativa.

Novos deputados
Desde o dia 10 de outubro, a Agência AL passou a veicular os perfis dos 16 deputados eleitos pela primeira vez para a Alesc. Já foram publicadas matérias com Antídio Lunelli (MDB), Egídio Ferrari (PTB), Estêner Soratto Junior (PL), Marquito (Psol), Mário Motta (PSD), Matheus Cadorin (Novo), Sérgio Guimarães (União), Lucas Neves (Podemos) e Tiago Zilli (MDB), que podem ser acessadas nos links abaixo.

(Com informações da TVAL)

Fonte: Agência ALESC