Casos de dengue seguem em baixa em 2022

- PUBLICIDADE -

O Município de Itajaí mantém queda no número de casos de dengue em 2022. De acordo com o nono Boletim Epidemiológico produzido pela Secretaria de Saúde de Itajaí, foram registradas 345 confirmações da doença de janeiro até o dia 15 de outubro. O dado significa uma redução de 5% em relação ao mesmo período do ano anterior, quando foram contabilizados 365 casos. O boletim completo pode ser acessado aqui.

Dentre as confirmações, 271 casos são autóctones (transmissão dentro do município), 30 são importados (transmissão fora do município) e 44 são indeterminados. Os bairros São João (52 casos), Cordeiros (41), Fazenda (37) e Cidade Nova (26) foram os que registraram a maior quantidade de casos autóctones neste ano.

- PUBLICIDADE -

O número de focos positivos também caiu na cidade. Foram registrados 775 focos de dengue em 2022, uma redução de 23% na comparação com o ano anterior, que contabilizou 1.003 focos no mesmo período.

Os focos identificados no município estão espalhados por 17 bairros. Os que possuem maior registro são: Cordeiros (199 focos), Fazenda (82), Cidade Nova (80), Praia Brava (70), São Vicente (64), São João (58), Centro (53) e Barra do Rio (47).

“Apesar de termos tido uma redução no número de casos de dengue neste ano, a população deve seguir vigilante. Nossa cidade é considerada infestada e municípios próximos registraram diversos casos da doença. Todos precisam fazer a sua parte e não deixar água acumulada”, reforça Lúcio Vieira, coordenador do Programa de Controle da Dengue de Itajaí.

Além dos números da dengue, o boletim epidemiológico também informou que no período de janeiro a outubro de 2022 não houve confirmação de casos positivos de chikungunya e zika vírus em Itajaí. 

Fonte: Prefeitura de Itajaí