Na Assembleia, Mário Motta ocupará seu primeiro cargo eletivo

- PUBLICIDADE -

A partir de 1º de fevereiro de 2023, a Assembleia Legislativa passará a contar com um dos jornalistas mais conhecidos de Santa Catarina. Mário Motta (PSD), que durante 36 anos apresentou um dos telejornais de maior audiência no estado, foi eleito deputado no último dia 2 de outubro.

O mandato parlamentar será o primeiro cargo eletivo ocupado por Mário Motta. A eleição de outubro também foi a sua primeira participação num pleito.

- PUBLICIDADE -

“Eu esperava uma resposta da população de Santa Catarina, com quem convivo há mais de 40 anos na televisão e no rádio. Recebi uma resposta muito carinhosa e respeitosa e, ao mesmo tempo, uma responsabilidade muito grande que me foi atribuída”, afirma.

Logo em sua primeira eleição, o jornalista recebeu 56.363 votos, o mais votado de seu partido. “Foram 41 mil votos na Grande Florianópolis e o restante em todo o estado, demonstrando a construção de uma vida com coerência e ponderação como eu sempre procurei viver com a isenção do jornalismo”, justifica.

Durante as quatro décadas em que esteve na televisão e o rádio, Mário entrevistou, por inúmeras ocasiões, governadores, senadores, deputados e prefeitos, além de ter mediado debates eleitorais decisivos.

“Sempre procurei ser muito respeitoso com os meus entrevistados. Agora, na Assembleia, minha expectativa é poder usufruir dessa relação que se estabeleceu, sempre com ponderação, buscando um relacionamento de alto nível com os demais deputados.”

O novo deputado espera, também, que passado o segundo turno da eleição, todos possam dialogar em prol do desenvolvimento do país. “A minha esperança, de quem olha para a política como a arte do diálogo, é que os eleitores possam voltar a dialogar, algo que não tenho percebido. Gostaria que o Brasil pudesse se desenvolver a partir do diálogo, com uma discussão de bom nível, com muito respeito. Para mim, respeito sempre foi fundamental.”

Além da experiência na comunicação, Mário Motta foi, durante 38 anos, professor efetivo da rede pública estadual de ensino, da qual atualmente é aposentado. “A educação me deu uma base de conhecimento do estado muito grande, aliada à experiência na televisão”, afirma. “O meu gabinete estará sempre à disposição das pessoas sempre que pudermos ser úteis, respondendo não só os votos que recebi, mas toda a população.”

Paulista de Santo André, Mário Pinto da Motta Júnior tem 70 anos e é formado em Educação Física. Mudou-se para Santa Catarina no início dos anos 1970. Foi professor da rede pública estadual e apresentador de TV e rádio. Trabalhou na antiga TV Planalto de Lages, na RBS TV e na NSC TV, além da Rádio CBN Diário de Florianópolis. Em março deste ano, deixou a NSC Comunicação para se dedicar às eleições.

Novos deputados
Desde o dia 10 de outubro, a Agência AL passou a veicular os perfis dos 16 deputados eleitos pela primeira vez para a Alesc. Já foram veiculadas matérias com Antídio Lunelli (MDB), Egídio Ferrari (PTB), Estêner Soratto Junior (PL) e Marquito (Psol), que podem ser acessadas nos links abaixo.

(Com informações da TVAL)

Fonte: Agência ALESC