Artistas, gestores e produtores consolidam sugestões para o Plano Municipal de Cultura

- PUBLICIDADE -

Itajaí realizou na última sexta-feira (14), no Museu Histórico, e no sábado (15), na Escola Estadual Básica Deputado Nilton Kucker, o Fórum Municipal de Cultura. Produtores, gestores e artistas de diversas linguagens participaram de uma palestra inicial que contextualizou a importância do processo de construção coletiva do Plano Municipal de Cultura. Após a sensibilização, os participantes dividiram-se em grupos de trabalho e apresentaram em plenária suas contribuições para o plano, que será validado na Conferência do ano que vem.

A convidada Nivea Maria da Silva Bücker, gestora da Fundação Municipal de Cultura de Bombinhas, palestrou na abertura. Ela falou sobre planejamento, o Sistema Nacional de Cultura e a respeito do próprio plano, com foco ainda em terminologias e dinâmicas aplicadas ao cenário.

- PUBLICIDADE -

“Itajaí é uma cidade referência em políticas culturais. A cidade coloca a cultura em sua agenda política e convoca a sociedade e a comunidade artística para contribuir e participar ativamente na elaboração de diretrizes, definição das ações e no acompanhamento e avaliação das metas instituídas no Plano Municipal de Cultura”, afirmou a presidente do Conselho Municipal de Políticas Culturais, Bárbara Damásio.

Para o superintendente administrativo das Fundações, Normélio Weber, o trabalho coletivo proposto durante o Fórum traz possibilidades de reflexão, de análise da realidade e construção para o futuro: “Temos aqui a oportunidade de pensarmos numa revolução, de forma a promover a cultura para o renascimento e valorização da comunidade”, ponderou.

Construção do Plano Municipal de Cultura

O Plano Municipal de Cultura consiste em um instrumento legal de planejamento para orientar a execução das políticas culturais na cidade pelo período de 10 anos, sendo um dos compromissos gerados pela adesão do município ao Sistema Nacional de Cultura (SNC).

No sábado, grupos de trabalho atuaram na análise e consolidação de propostas de texto para o Plano Municipal, com objetivos, ações e estratégicas, alicerçados nos seguintes eixos: Gestão e Institucionalidade da Cultura; Cultura e Desenvolvimento; Cultura e Cidadania; Produção Artística, Simbólica e Diversidade Cultural; e Economia da Cultura.

Ao final da plenária de apresentação das propostas, no sábado, o diretor executivo da Fundação Cultural, Vanderlei Lazzarotti, pontuou: “O Fórum Municipal de Cultura é um espaço legítimo de articulação, intervenção, troca de experiências e debate. Juntos, temos essa missão de construir alternativas para o desenvolvimento social e cultural do nosso município. Que possamos ter muito orgulho desta nossa política cultural”.

Fonte: Prefeitura de Itajaí