Abertura da avenida Getúlio Vargas está em fase de aterros e drenagem

- PUBLICIDADE -

Caminhões retirando cargas de terra, máquinas e alguns veículos do trânsito local já circulam por alguns trechos do prolongamento Sul da Avenida Getúlio Vargas. As obras começaram em abril, com a abertura das vias e retirada da vegetação.

Neste momento estão sendo realizadas a drenagem, colocação de tubos, terraplenagem, aterros, remoção de solo que não serve e as chamadas obras de arte (tubulação e galerias).

- PUBLICIDADE -

A obra está sendo executada pela Construtora Oliveira, que venceu a licitação para executar a pavimentação de 2,6 km, no valor de R$ 21.358.95421. Já foi realizado 15% do projeto e o prazo de conclusão é novembro de 2023.

A Avenida Getúlio Vargas será interligada da Travessa Valmor Piazza até a rua Pascoal Cortelini, que foi asfaltada no ano passado e tem projeto para alargamento em elaboração.

De acordo com o prefeito de Chapecó, João Rodrigues, esta é uma obra histórica e que vai permitir uma nova alternativa de tráfego na região Sul da Cidade, ligando o centro com a saída para o Rio Grande do Sul.

Em breve também será licitado o trevo da Pascoal Cortelini com a avenida Irineu Bornhausen, em frente a empresa Edege. Com isso parte do fluxo da General Osório será desviado para a Getúlio Vargas.

Fonte: Prefeitura de Chapecó SC