Um em cada dez registros para a Ouvidoria já é registrado pelo aplicativo Joinville Fácil

- PUBLICIDADE -

Disponível há menos de um mês, a funcionalidade de registro para a Ouvidoria no aplicativo Joinville Fácil já é responsável por mais de 10% das manifestações recebidas pela unidade de Relacionamento com o Cidadão da Prefeitura de Joinville. Entre 8 de setembro de 4 de outubro, foram 501 registros via app.

“O número de processos abertos na Ouvidoria se manteve dentro da média do período, o que mostra que tivemos uma migração de usuários que utilizavam outros canais para o aplicativo”, explica o secretário de Comunicação, Thiago Boeing.

- PUBLICIDADE -

A principal vantagem do registro no Joinville Fácil é a possibilidade de acompanhar cada passo da solicitação, desde o recebimento por parte da equipe de Ouvidoria até as devolutivas dadas pelas unidades responsáveis.

A partir desta quarta-feira (4/10), quem usa os canais digitais da Ouvidoria, tanto o site quanto o aplicativo, vai perceber que melhorias foram implantadas.

Agora, o usuário vai selecionar qual o tipo de manifestação deseja fazer: se é solicitar um serviço ou melhoria, registrar uma denúncia, fazer um elogio, uma reclamação, sugerir uma forma de desburocratização ou uma proposta de melhoria em geral.

Em seguida, o joinvilense vai poder informar se permite que seus dados sejam compartilhados com outras unidades para melhor atender ao processo. Esse compartilhamento é exclusivamente para agilizar o atendimento e se restringe aos dados fundamentais para dar andamento ao fluxo de busca de informação.

Essa novidade vai agilizar especialmente os casos em que o cidadão faz uma solicitação para a Prefeitura.

“Todas as informações pessoais são para uso restrito da Ouvidoria. Mas, em muitos casos, precisamos do nome e de outros dados, como CPF ou data de nascimento, para poder buscar as informações. Um exemplo são os casos que envolvem procedimentos médicos ou matrículas escolares, por exemplo. Da forma como era até então, nosso time da Ouvidoria telefonava para pedir ao usuário permissão para utilizar os dados que ele já tinha informado. Isso causava atraso ou até inviabilizava o antedimento, pois a pessoa nem sempre atendia às nossas tentativas de ligação. Agora, como essa permissão ocorre já no registro, o atendimento será mais rápido”, explica o secretário.

Fonte: Prefeitura de Joinville