Alunos de BC se formam no Projeto “Protetores do Lar”

- PUBLICIDADE -

O sentimento de emoção marcou a manhã desta terça-feira (04), durante a formatura dos alunos do “terceirão” da Escola Higino João Pio, de Balneário Camboriú, no Projeto “Protetores do Lar”. O evento aconteceu no Teatro Municipal Bruno Nitz e reuniu as Secretarias de Desenvolvimento e Inclusão Social, e de Segurança, Polícia Militar e representantes da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

O Projeto “Protetores do Lar”, que conscientiza os adolescentes a lutarem contra a violência doméstica, é um trabalho em conjunto da Polícia Militar, Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e o CREAS. São encontros de um dia com os alunos, nos quais os representantes de cada entidade abordam questões sobre violência doméstica. A PM fala sobre proteção; a OAB fala de questões judiciais; e o CREAS como lidar com os casos de violência, no sentido de estar atento a casos como violência.

- PUBLICIDADE -

Para o Coronel e Comandante do 3º Comando Regional de Polícia Militar, Jofrey Santos da Silva, o grande motivador para a execução do “Protetores do Lar” é o número de casos de violência intrafamiliar e doméstica. Ele explica que os alunos estão sendo ensinados a lidarem contra essa violência em seus lares ou outros que vierem a frequentar. “Esses jovens que estão praticamente deixando seus lares, na fase conclusiva do ensino médio e ingressando no ensino superior, tendem naturalmente a se afastar de suas casas, mas eles não podem entender como natural que a casa que vão deixar, se tiver um caso de violência, permaneça nessa condição”, pontua.

Quem também marcou presença no evento, e se emocionou com o projeto, foi a secretária de Desenvolvimento e Inclusão Social, Christina Barichello. Em seu discurso, comparou a violência doméstica a um vírus. “Ela pode matar, destrói a alma, destrói os sonhos. Não só daquela mulher que sofre a violência, mas também os filhos, toda estrutura familiar. E ter um projeto dessa natureza, vem de acordo com aquilo que estamos trabalhando no nosso município”, acrescenta.

Quem mais ganha com esse projeto são alunos, como o estudante Eduardo Pelegrini Rubim, de 17 anos. “Tudo o que aprendemos com o “Protetores do Lar” vamos levar para a vida, incluindo usar esse aprendizado em forma de arte, já que trabalha com artes cênicas”.

________
Informações adicionais:

Secretaria de Saúde
(47) 3261-6200

Diretoria de Comunicação
Jornalista: Paulo Wais
Fotos: Paulo Wais

www.instagram.com/prefeituradebc 

FOTOS

Fonte: Prefeitura de Balneário Camboriú