Plano de carreira da GMF é encaminhado para a Câmara de Vereadores

- PUBLICIDADE -

O prefeito de Florianópolis, Topázio Neto, assinou nesta sexta-feira (30) o Projeto de Lei Complementar que trata da reestruturação da Guarda Municipal de Florianópolis e do plano de carreira da corporação. Agora o documento começa a tramitar nas comissões e na sequência será levado para votação em plenário, com a expectativa de aprovação total do texto.
 
Segundo o prefeito, esse reconhecimento ao trabalho da GMF vai dar força adicional na cidade para aquilo que se discute de cuidado e preocupação no setor da Segurança Pública. “180 agentes do quadro de efetivo da Guarda vão atuar como inspetores para auxiliar nas ações de desmatamento, invasões em áreas de preservação e no combate às construções ilegais. Com isso a cidade ganha, a sociedade ganha e a gente consegue ampliar o ordenamento da cidade”, destacou o prefeito Topázio.
 
A intenção da lei é garantir a reestruturação das atividades da corporação, adequando-se ao Estatuto Nacional das Guardas Municipais, instituído pela Lei 13.022 de 2014. O texto prevê a criação de um plano de carreira com nove níveis diferenciados. A Guarda Municipal de Florianópolis quer criar escalas ampliadas de trabalho, inclusive aos fins de semana.
   
Para o secretário de Segurança Pública de Florianópolis, Araújo Gomes, assim que o projeto for aprovado, os guardas vão ganhar poderes que contribuem para as mais diversas áreas de fiscalização da cidade. Agora, cabe aos vereadores a discussão do texto e depois a aprovação em plenário do Projeto de Lei Complementar.


- PUBLICIDADE -

Fonte: Prefeitura de Florianópolis