Alunas de Escolas Municipais de Joinville conquistam premiação no programa Meninas na Tecnologia

- PUBLICIDADE -

Na noite desta quinta-feira (29/09), 12 equipes formadas exclusivamente por alunas de nove escolas da Rede Municipal de Joinville viveram um desafio de “gente grande”. Elas apresentaram seus projetos desenvolvidos na etapa final do programa Meninas na Tecnologia, promovido pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) por meio do programa Meninas na Ciência, do CNPq.

A missão da etapa final era defender um projeto tecnológico desenvolvido como uma solução para os problemas causados pela instabilidade do clima em Joinville, como umidade e as longas temporadas de chuva. Além de aprenderem programação e eletrônica ao longo do últimos cinco meses, as alunas de 7º a 9º ano realizaram pesquisas com o público-alvo de seus projetos e entrevistaram especialistas para garantir que suas propostas fossem viáveis comercialmente.

- PUBLICIDADE -

“Percebemos uma evolução enorme nas meninas, porque a maioria não tinha nenhum contato com tecnologia. Elas conseguiram construir mini estações meteorológicas, que eram a missão principal, implementaram no arduíno e mostram seus projetos com desenvoltura. Acredito que conseguimos plantar uma sementinha em várias delas para mostrar que as mulheres podem trabalhar em qualquer área, e que a tecnologia também é um ambiente para elas”, conta a coordenadora do Espaço de Ciência e Tecnologia da UFSC Joinville, Tatiana Garcia.

O primeiro lugar foi conquistado por uma equipe formada por duas alunas do oitavo ano da Escola Municipal Prof. Curt Alvino Monich, do bairro Aventureiro. Como premiação, elas ganharam notebooks e a escola receberá uma impressora 3D. Equipes da Escola Municipal Padre Valente Simioni ficaram com o segundo e o terceiro lugares, e também receberam premiações em itens tecnológicos e impressoras 3D para a unidade.

Aulas de programação a mais de 330 alunas

As escolas municipais de Joinville aderiram ao programa Meninas na Tecnologia em maio deste ano. No total, 27 unidades participaram, com cerca de 330 alunas de 7° a 9° ano recebendo aulas sobre tecnologia. As atividades ocorreram no contraturno escolar, sob a supervisão de alunos e professores do Centro de Tecnologia da UFSC, e com o apoio dos professores integradores de mídias da Rede Municipal de Joinville.

O aprendizado foi colocado à prova nesta etapa final, quando os projetos foram analisados por um júri técnico e um júri criativo. A equipe vencedora, formada pelas alunas Amanda Livramento e Brenda Wéschylin Lima, desenvolveu um sistema de baixo custo que permite a medição de fatores como temperatura, pressão atmosférica e luminosidade para auxiliar os agricultores da cidade que não podem arcar com os valores altos de aparelhos tecnológicos.

“Eu sempre falo para elas que elas podem ser e estar onde quiserem. E elas agora estão à frente de muitos outros em termos de conhecimento, por tudo o que aprenderam e experimentaram mesmo sendo tão jovens”, conta a professora Sheila Steffen Klimtchuk, que supervisionou as aulas online e o desenvolvimento do projeto.

Além das premiações, as equipes com as cinco melhores médias finais seguirão no programa Meninas na Tecnologia até o fim do ano letivo. Elas receberão bolsas de pesquisa do CNPq para aprofundarem suas pesquisas e receberão mentorias para auxiliar no desenvolvimento de seus projetos tecnológicos.

Fonte: Prefeitura de Joinville