JECAM movimenta economia de Camboriú na compra de artigos esportivos

- PUBLICIDADE -

Competição estimula uma grande procura por artigos de proteção

Em um dia nublado na pista de atletismo do Estádio das Nações, em Balneário Camboriú, as atletas-estudantes estrearam o primeiro dia de competições dos Jogos Escolares de Camboriú (JECAM). A competição é organizada pela Fundação Municipal de Esportes (FME), em conjunto com a Secretaria de Educação. Apesar das disputas terem iniciado nesta quarta-feira, dia 28, a mobilização dos envolvidos começou muito antes. Esse reflexo foi visto na procura por artigos esportivos no comércio local de Camboriú.

- PUBLICIDADE -

Toda essa movimentação é notada como uma mostra de força da economia do município. “Temos orgulho em dizer que o comércio de Camboriú vem se consolidando dia após dia. Conversando com os empresários, podemos perceber que estamos seguindo no caminho certo para o fortalecimento da nossa economia”, declara o secretário de Desenvolvimento Econômico, Ângelo Gervásio.

O JECAM é uma competição que envolve cerca de dois mil atletas de 26 escolas diferentes. Esse número expressivo de participantes incentivou a busca por equipamentos esportivos. Essa demanda é percebida por Edinei Costa, dono de uma loja do segmento esportivo. O lojista cita um aumento de 30% na busca por equipamentos esportivo, em especial em artigos de proteção, como:  joelheiras, cotoveleiras, caneleiras e manguitos. Além desses produtos, houve uma grande procura por chuteiras de futsal.  “Sempre perguntamos aos clientes como conhecem a loja, muitos deles nos informaram que procuraram por conta do JECAM. Isso tem trazido ótimos resultados”.

Os Jogos Escolares de Camboriú envolvem várias modalidades. Os atletas-estudantes competirão no atletismo, basquete, futsal, handebol, mini handebol, judô, queimada, tênis de mesa, voleibol, mini voleibol e xadrez até o dia 21 de outubro. Após esse período, Edinei Costa acredita que a procura por produtos esportivos continue alta. “Há uma tendência de após os jogos, as crianças se manterem ativas, ou serem encaminhadas para escolinhas esportivas”.

Fonte: Prefeitura de Camboriú – SC