Alesc homenageia instituições da área de segurança pública com sessão especial

- PUBLICIDADE -

A Assembleia Legislativa de Santa Catarina promoveu, na noite desta quarta-feira (14), uma sessão especial para homenagear as instituições de segurança pública de Santa Catarina pelos serviços prestados à população. O evento foi proposto pelo deputado Coronel Mocellin (Republicanos) e reuniu lideranças políticas e representantes de poderes e órgãos públicos.

Na abertura, foram apresentados dados que apontam uma posição de destaque da segurança pública de Santa Catarina em relação aos demais estados brasileiros.  Entre eles, a taxa de homicídio, que em Santa Catarina chega a 4,56% por 100 mil habitantes, contra os 30,5% da média nacional. Na resolução destes crimes, o índice local chega a 83%, ante uma média de 44% do restante do país.

Conforme o exposto, o registro de roubos e furtos em Santa Catarina apresentou uma redução de 20% entre 2019 e 2021, passando de 11 mil para 9 mil. O trabalho da Polícia Penal na ressocialização de apenados no estado também foi ressaltado. Atualmente, 30,2% da população carcerária catarinense realiza alguma atividade laboral, frente aos 15% da média dos demais estados.

A Polícia Científica mereceu destaque pela realização de 100 mil laudos em medicina legal e a expedição de 600 mil carteiras de identidade por ano. Da mesma forma, foram apresentados como exemplos positivos a atuação da Polícia Federal e da Polícia Rodoviária Federal no estado, em especial pelos serviços de fiscalização e combate ao crime nas fronteiras e rodovias do estado, contando com sucessivos recordes de apreensões de drogas. 

Por fim, o Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina foi lembrado como uma referência para instituições congêneres das demais unidades da Federação, sobretudo nas áreas de  atendimento pré-hospitalar, combate a incêndios, resgate veicular, busca com cães e salvamento aquático. Atualmente a instituição está presente em 60% dos municípios catarinenses, índice superior à média dos demais estados, de 15%.

Em seu pronunciamento, o  perito-geral da Polícia Científica, Giovani Eduardo Adriano, que atualmente preside o Colegiado Superior de Segurança Pública, declarou que nesta semana Santa Catarina foi reconhecida por um grupo de lideranças públicas baseado em São Paulo, como o estado mais seguro do país pelo segundo ano consecutivo.

O resultado, disse, tem relação com o novo modelo de comando adotado para o setor após a última reforma administrativa promovida pelo Executivo estadual, que substituiu a Secretaria de Estado da Segurança Pública por um órgão colegiado, o que teria conferido mais coesão ao trabalho desenvolvido pelas corporações envolvidas e segurança aos agentes que atuam junto à população.

Na ocasião, ele também citou o caráter inovador do estado, que lançou iniciativas que foram posteriormente adotadas em âmbito nacional, como o PMSC Mobile, aplicativo para tablets e smartphones, idealizado pela Polícia Militar, para o registro de ocorrências e providências de trânsito. Também a união, pela Polícia Científica, dos registros biográfico e biométrico nas carteiras de identidade, o que reduziu a duplicidade de documentos e as tentativas de fraudes no sistema financeiro.

O dirigente encerrou a sua fala agradecendo a Assembleia Legislativa por dar destaque a um trabalho que, segundo ele, muitas vezes não é reconhecido pelos cidadãos no seu dia a dia. “Quando tudo está correndo bem nós não somos lembrados, mas agora está sendo prestada essa justa homenagem ao nosso policial, ao nosso agente de perícia, ao nosso agente de polícia civil, ao nosso colega agente prisional, que está lá na ponta trabalhando, às vezes 24 horas, às vezes dobrando plantão. É este trabalho que agora está sendo homenageado e reconhecido.”

Instituições homenageadas

  • Colegiado Superior de Segurança Pública e Perícia Oficial;
  • Corpo de Bombeiros Militar de Santa  Catarina
  • Polícia Militar de Santa Catarina;
  • Polícia Civil de Santa Catarina;
  • Secretaria de Estado da Administração Prisional e Socioeducativa;
  • Polícia Militar Rodoviária de Santa Catarina;
  • Polícia Ambiental de Santa Catarina;
  • Superintendência Regional da Polícia Federal em Santa Catarina;
  • Polícia Rodoviária Federal em Santa Catarina.

Fonte: Agência ALESC