Feirão da Inclusão oferece mais de 300 vagas de emprego para PcDs

- PUBLICIDADE -

A Prefeitura de Joinville, por meio do Centro Público de Atendimento aos Trabalhadores (CEPAT), realiza até a próxima sexta-feira (16/9), o Feirão da Inclusão e oferece cerca de 320 vagas de emprego para pessoas com deficiência (PcDs).

Há oportunidades em diversos setores, como indústria, comércio e serviços, com vagas para funções administrativas, técnicas e operacionais. As vagas são para diferentes níveis de escolaridade, com ou sem experiência.

Entre as ofertas, está a de encarregado de manutenção, com salário de R$ 3 mil, de pedreiro (R$ 2,2 mil), eletricista de instalações (R$ 2,1 mil), pizzaiolo (R$ 2 mil), agente de vendas de serviços (R$ 2 mil), entre outras oportunidades.

A lista completa com as vagas do Feirão da Inclusão está disponível no site da Prefeitura de Joinville (bit.ly/feiraoinc). Os interessados deverão comparecer ao CEPAT (rua Abdon Batista, 342, no Centro), das 8h às 14h, munidos de documentos pessoais e currículo. A entrega das senhas para atendimento é até as 13h30.

Em sua primeira edição, realizada em 2021, o Feirão da Inclusão ofereceu cerca de 260 vagas e fez 90 encaminhamentos para entrevistas.

Atendimento inclusivo

Quem procura o Feirão da Inclusão tem atendimento especializado. Candidatos surdos, por exemplo, tem atendimento de uma intérprete de Libras da Prefeitura. É o caso de Angelina Sofia Paz, que está há cinco meses em busca de recolocação profissional.

“Quero uma vaga na área de produção, em supermercado ou na área farmacêutica, de estoque ou almoxarifado. Estou pronta para trabalhar e acredito que no Feirão vou encontrar alguma boa oportunidade”, relatou Angelina, com o auxílio da intérprete de Libras, Patrícia Medeiros.

O Feirão da Inclusão também é um bom canal para quem procura o primeiro emprego. Portadora de Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH) e dislexia, Arieli dos Santos, de 20 anos, deseja ingressar no mercado de trabalho.

No Feirão da Inclusão, foi encaminhada para uma vaga de recepcionista e atendente e teve suas esperanças renovadas.

“Procuro emprego há uns três anos, mas é difícil por causa da minha condição intelectual. Quando soube do Feirão, fiquei mais animada. A gente até se sente melhor porque as vagas são para pessoas com deficiência. Quero muito trabalhar para poder fazer uma faculdade, um curso, melhorar de vida”, idealiza Arieli.

Conscientização e sensibilização

Neste ano, além de iniciar com maior número de vagas, o Feirão da Inclusão também terá ações de conscientização e sensibilização que serão realizadas no espaço O Farol (rua Max Colin, 550, América), nos dias 15 e 16 de setembro.

A programação inclui palestras, rodas de conversa e atividades práticas paradesportivas, direcionadas às empresas e setores de recursos humanos.

As inscrições para todos os dias do evento podem ser feitas pelo site da Prefeitura de Joinville (bit.ly/FeiraoInclusaoJlle) e as vagas são limitadas, preenchidas por ordem de inscrição.

Fonte: Prefeitura de Joinville