Saúde de Criciúma segue com alerta sobre o Setembro Amarelo

- PUBLICIDADE -

Notícias de Santa Catarina - SC HOJE News

A Campanha “É preciso amor, para poder cuidar!” continua na região carbonífera, e a saúde de Criciúma segue com alerta sobre o Setembro Amarelo. Neste sábado (10), que é lembrado como o Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio, haverá uma ação especial na Praça Nereu Ramos. A partir das 9h, materiais educativos e de conscientização sobre o tema serão distribuídos, além de dança circular e o plantio da “Árvore da Vida”.

“Seguimos com a programação levando informação à população e orientando as pessoas sobre os locais onde elas possam encontrar ajuda”, destaca o secretário de Saúde, Arleu da Silveira.

“Precisamos orientar as pessoas e sensibilizá-las para entenderem, conhecerem e identificarem os sinais e sintomas que apresentam para que possam buscar ajuda. Mais que isso, é preciso saber onde encontrar auxílio, saber que existem outras possibilidades para a resolução dos problemas”, afirma a coordenadora da Saúde Mental da Secretaria de Saúde, Ana Losso.

A Secretaria alerta, ainda, para os fatores de risco, que devem ser observados principalmente, por amigos e familiares:

– a pessoa perde o interesse de fazer coisas que antes gostava;

– passa a apresentar comportamento retraído, com muita dificuldade de integração social e com os familiares;

– tendência a ficar remoendo pensamentos obsessivos e negativos;

– demonstra pensamentos de desesperança, solidão, tristeza, baixa autoestima e falta de motivação para a vida;

– fica constantemente com irritabilidade, pessimismo, apatia e pode se mostrar agressiva;

– apresenta alterações extremas de humor, como raiva e rancor excessivo;

– demonstra sentimentos intensos de culpa, ansiedade, remorso ou vergonha;

– muda de assunto quando se fala sobre reabilitação mental ou tratamento para suicídio.

Fonte: Prefeitura de Criciúma