Blumenau tem programação de prevenção ao suicídio durante o mês de setembro

- PUBLICIDADE -

Durante o mês de setembro, a cor amarela chama a atenção da sociedade para as ações de prevenção ao suicídio. Em Blumenau, a Secretaria de Promoção da Saúde (Semus) por meio do Serviço de Avaliação em Saúde Mental (SAS), dos Centros de Atenção Psicossocial, os CAPS, promove exposições, palestras e ações educativas sobre o tema. A intenção é despertar um olhar mais atento para pacientes que venham a apresentar transtornos psíquicos.

Até o dia 30 de setembro, as unidades do CAPSi, CAPS II, CAPS AD III e o SAS recebem uma exposição itinerante de imagens com o tema “nós estamos com você” produzida pela equipe do SAS. A programação deste ano inclui ainda um encontro no Parque Ramiro Ruediger, no dia 15 de setembro, das 9h às 10h. O objetivo é reunir profissionais da saúde, usuários do SUS e seus familiares.

No dia 16, das 8h à 12h, o auditório da ETSUS Blumenau vai receber representantes do município e entidades como: Corpo de Bombeiros Militar, Samu, representantes do Hospital Misericórdia, do CVV, do CAPS AD III e o coordenador Municipal da Política de Automutilação e Suicídio para uma mesa redonda que vai discutir a prevenção ao suicídio. O encontro é direcionado a Rede de Atenção Psicossocial; Rede Intersetorial; comunidade e usuários do SUS. As inscrições podem ser feitas pelo link bit.ly/setamarelo2022 – as vagas são limitdas.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) estabelece diversas estratégias de prevenção, entre elas a redução do estigma e conscientização do público, assim como o estímulo e a capacitação de profissionais da saúde, educadores e forças de segurança em torno do tema, sempre com o objetivo de alertar a população a respeito da realidade do suicídio e suas formas de prevenção. O 10 de setembro é marcado como o Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio.

Diante das estatísticas crescentes de casos, aumenta também a necessidade do envolvimento dos setores públicos, privados, entidades governamentais e não governamentais, e dos diversos setores da sociedade, no debate deste assunto, afim de estabelecer ações, metas e serviços de atenção às pessoas em sofrimento psíquico bem como o fortalecimento das ações de saúde mental, em conformidade com a Lei Municipal 8.372/2017.

Números de casos em Blumenau
Estatísticas mundiais mostram que a maioria das pessoas que cometem suicídio no mundo tem mais de 50 anos, sendo mais frequente em homens. Em Blumenau, os dados mostram que em 2021 foram notificados 34 casos de suicídio de moradores da cidade. Destes, 82% foram homens que tiraram a própria vida.

Como acessar o serviço
Os usuários devem buscar atendimento na unidade de saúde da atenção primária de sua referência: unidade Estratégia Saúde da Família (ESF) ou Ambulatório Geral da Família (AGF) para avaliação com profissional de saúde que fará o encaminhamento para atenção especializada, em caso de necessidade. 

Atendimentos em Blumenau pelos Serviços de Atenção Psicossocial
O Centro de Atenção Psicossocial Infanto-Juvenil (CAPSi), Centro de Atenção Psicossocial Adulto (CAPS II), Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas (CAPS AD III) e Serviço de Avaliação em Saúde Mental (SAS), são responsáveis por atender em média 7 mil pacientes mensalmente somados os quatro serviços, após serem avaliados/encaminhados pelas Unidades de Saúde da Atenção Primária.

Confira os endereços e contatos das unidades:

CAPSi
Rua Alfredo Gunther, 73 – Vila Nova
Tel.: (47) 3381.7393

CAPS II
Rua Norberto Seara Heusi, S/N – Escola Agrícola
Tel.: (47) 3381.6906

CAPS AD III
Rua Hermann Hering, 766 – Bom Retiro
Tel.: (47) 3381.6888

SAS – Serviço de Avaliação em Saúde Mental
Rua Uruguai, 162 – Ponta Aguda
Tel.: (47) 3381.6795

Assessor de Comunicação: João Vitor Korc

postada em 06/09/2022 14:24 – 6 visualizações

Fotos

Fonte: Prefeitura de Blumenau SC