Procon de Joinville divulga pesquisas de preços da cesta básica e do churrasco de setembro

- PUBLICIDADE -

O Procon de Joinville divulgou novas pesquisas de preços dos produtos da cesta básica e também a de carnes para churrasco. As pesquisas foram realizadas dias 1º e 2 de setembro, em doze supermercados de Joinville.

Em relação ao mês anterior, houve redução de 0,03% no preço médio da cesta básica, que ficou em R$ 305,75, ou seja, 10 centavos mais barata do que foi registrado em agosto.

Na pesquisa da cesta básica, foram levantados cerca de 40 produtos de alimentação, frios, horta, pomar e granja, higiene pessoal e limpeza doméstica.

Em relação à pesquisa anterior, os itens que tiveram maior reajuste foram a laranja (32,03%), o creme dental (28,71%), o macarrão espaguete (23,16%) e a cebola (22,40%).

Já os itens que ficaram mais baratos foram o leite integral longa vida (-21,28%), o queijo mussarela (-19,41%), o óleo de soja (-7,57%) e o feijão preto (-7,01%).

Entre os estabelecimentos pesquisados, a cesta básica mais cara foi cotada em R$ 361,00, já a mais barata ficou em R$ 220,14.

Em relação ao menor preço atual (que simula a compra dos produtos mais baratos em todos os estabelecimentos, sem considerar marcas), a cesta básica com o menor valor foi encontrada a R$ 205,98.

Produtos para churrasco

No mesmo período (1º e 2/9), o Procon de Joinville também pesquisou produtos e carnes para churrasco. Em dez estabelecimentos, foram apurados os preços de diferentes cortes de carnes bovina, suína, de frango, além de carvão e outros itens.

De acordo com a pesquisa, os produtos que sofreram maior alta em relação à anterior estão a linguiça de pernil (23,76%), o lombo (14,97%), a linguiça de frango (12,99%) e o filé mignon suíno (10,94%).

Já os itens que ficaram mais baratos neste mês, foram o sal grosso (-26,69%), o filé duplo (-16,32%), o filé simples (-14,81%) e a alcatra (-13,45%).

Entre os estabelecimentos consultados, os produtos que apresentaram maior diferença de preços foram filé simples (201%), a linguiça toscana (129%), o sal grosso (107%) e a paleta suína (104%).

Fonte: Prefeitura de Joinville