Hermeto Pascoal e grupo apresentam-se no Festival de Música neste domingo (04)

- PUBLICIDADE -

O 24º Festival de Música de Itajaí traz neste domingo (04) um dos maiores nomes da música brasileira: o compositor, multi-instrumentista e arranjador Hermeto Pascoal e seu grupo realizam um show no Palco Elza Soares, na Praça da Igreja Matriz, às 20h30. Antes disto, às 19h, a banda Oros Boros se apresenta no Palco Arthur Maia, localizado na Praça Arno Bauer, entre a Casa da Cultura Dide Brandão e o Museu Histórico de Itajaí. A programação é 100% gratuita.

Natural de Lagoa da Canoa (AL), Hermeto se entusiasmava desde criança com os sons que a natureza lhe entregava. Ele toca todos os instrumentos e objetos que produzem sons, o compositor já demonstrou a sua criatividade e versatilidade em festivais como o Montreux na Suíça e o Live Under the Sky, no Japão. Hermeto recebeu o título de doutor honoris causa do New England Conservatory, de Boston (2017), e da Universidade Federal da Paraíba (2019).

Com mais de duas dezenas de discos gravados ao longo de sua carreira, o “bruxo dos sons”, como é conhecido, teve suas obras executadas por inúmeras orquestras sinfônicas do Brasil e do exterior, como a Orquestra de Copenhague, na Dinamarca. Também já se apresentou com a Big Band de Londres em 2004 em diversas oportunidades.

O músico recebeu prêmios como o Ary Barroso (1996), o APCA na categoria de Melhor Solista de Música Popular (1973), o Grammy Latino na categoria Melhor Álbum de Música de Raízes em Língua Portuguesa (2019) e a Ordem do Mérito Cultural (2004). Como reconhecimento ao seu talento e à sua contribuição à cultura, o Festival de Música Contemporânea Brasileira (FMCB) homenageou Hermeto Pascoal, em sua quarta edição, realizada em 2017.

“Quando pego um instrumento sinto que estou flutuando. Tem horas que nem sinto os pés no chão”, afirma Hermeto Pascoal.

Oros Boros

O show das 19h deste domingo (04), no Palco Arthur Maia (Praça Arno Bauer) é com a banda Oros Boros. Um quinteto que apresenta espetáculo de música instrumental e autoral, englobando performance de dança e arte circense. Atua no cenário cultural catarinense há cinco anos. Suas composições são de caráter alegre, dançante e contemplativa, inspiradas no erudito, jazz, música cigana e ritmos brasileiros, e despertam interação com o público durante o show.

O grupo artístico musical surgiu na cidade de Itajaí (SC) com o objetivo de realizar apresentações em praças e espaços públicos, fomentando a arte e a cultura da maneira mais democrática possível. A Oros Boros já tocou em diversas cidades do norte ao sul do Brasil, entre outros países, como o Uruguai e Argentina.

A banda é formada por Gabriel Menin (contrabaixo), Ruan Carlos (saxofones), Hyndira Borba (castanholas e washboard), William Fedrizzi (violoncelo e violão) e Andre Peliesser (piano elétrico).

Fonte: Prefeitura de Itajaí