Exposição “Sentimento do Chamado” retrata a fé no Paço Municipal

- PUBLICIDADE -

Fotos ficarão disponíveis ao público até o dia 30 de setembro

Camboriú é a terra do Espírito Santo, onde a fé está enraizada no solo do município. Essa crença é demonstrada pela lente de Victor Souza em exposição no Paço Municipal de Camboriú, promovida pela Fundação Cultural. O “Sentimento do Chamado” mostra o dom da vocação e a vida dos sacerdotes da Arquidiocese de Florianópolis. O morador que quiser prestigiar a exposição, que conta com nove obras, poderá se dirigir a Prefeitura de Camboriú, localizada na Rua Getúlio Vargas, n° 77, no Centro, de segunda a sexta-feira, das 13h até as 18h. As fotos ficarão disponíveis ao público até o dia 30 de setembro.

A exposição está diretamente ligada as duas grandes paixões de Victor: fotografia e a Paróquia do Divino Espírito Santo. O rapaz iniciou sua caminhada participando da liturgia da igreja. Depois, seguiu para a comunicação social, quando comprou sua primeira câmera para fotografar missas e festas da Paróquia, por exemplo. Nessa nova função, Victor se apaixonou pela fotografia. Com o tempo, o rapaz criou sua linguagem na fotografia religiosa, sendo convidado para ministrar workshops e palestras.

Por causa de todo esse envolvimento, Victor começou a cursar fotografia na Universidade do Vale do Itajaí (Univali). No Trabalho de Iniciação Científica (TIC), ele criou o conteúdo que embasa a exposição “Sentimento do Chamado”. Seu objetivo com as fotos é retratar padres e irmãs e mostrar como é viver essa vida religiosa dentro da igreja. As fotos apresentam os momentos do cotidiano da vida dos consagrados, apresentando ao público como é a rotina dos mesmos.

Sobre a exposição no Paço Municipal, o fotógrafo acredita que uma cidade para ser constituída de atrativos e acontecimentos, com relevância e desenvolvimento, é necessário que se tenha uma atenção especial para a cultura. “Gosto muito de participar destes eventos, como artista e como cidadão, sinto que as pessoas tem sede disso, de ir num teatro ver uma peça, conhecer uma nova gastronomia, entender a cultura de Camboriú”, complementa Victor.

Fonte: Prefeitura de Camboriú – SC