Grupos realizam apresentações itinerantes durante o 24º Festival de Música de Itajaí

- PUBLICIDADE -

Três grupos locais e um convidado traçarão rotas itinerantes por Itajaí durante o 24º Festival de Música. Nesta edição a proposta das apresentações itinerantes tem como principal objetivo levar as atrações para as ruas e incluí-las em cenários e caminhos rotineiros das pessoas. As intervenções musicais das bandas Oros Boros, Percusax Quinteto e Tom Peixeiro Brass Band serão de 04 a 08 de setembro. Já o grupo convidado, Orleans Street Jazz Band apresenta-se na sexta-feira (09).

Os horários previstos para as apresentações intercalam entre chegadas matutinas do Ferry Boat, o movimento do almoço e fim de tarde em praças de alimentação de supermercados, além da rua Hercílio Luz, da avenida Ministro Victor Konder (Beira Rio), entre outros. Acompanhe mais detalhes do cronograma dos shows itinerantes no perfil do Instagram @festivaldemusicaitajai.

Saiba mais sobre os grupos que irão se apresentar:

Oros Boros: é um quinteto que apresenta espetáculo de música instrumental e autoral, englobando performance de dança e arte circense. Atua no cenário cultural catarinense há cinco anos. Suas composições são de caráter alegre, dançante e contemplativa, inspiradas no erudito, jazz, música cigana e ritmos brasileiros; despertam interação com o público durante o show. A banda é formada por Gabriel Menin (contrabaixo), Ruan Carlos (saxofones), Hyndira Borba (castanholas e washboard), William Fedrizzi (violoncelo e violão) e Andre Peliesser (piano elétrico).

PercuSax: é formado pelos músicos, Alessandro Lucindo, Braion Zabel, Bruna Gonçalves, Rubens Azevedo e Willian Goe, quatro saxofonistas e um percussionista, respectivamente. A formação tem como principal característica a ausência dos tradicionais instrumentos de harmonia, usando apenas instrumentos melódicos e rítmicos, o que confere ao grupo uma sonoridade diferenciada. O grupo propõe um repertório que contempla clássicos da música brasileira já consideradas universais, temas de autores catarinenses, além de temas autorais, todos com arranjos exclusivos dando ênfase aos ritmos brasileiros.

Tom Peixeiro Brass Band: formada por instrumentos de sopro (Tuba, Eufônio, trompa, trombone, trompete, Saxofone).  Assim como as orquestras de frevo do nordeste brasileiro, ela possui a nomenclatura de banda de metais (Brass Band), mas é eclética, toca do erudito ao contemporâneo. Na formação estão: Marcos Roberto da Silva Innocenzo (eufonio e tuba), Thiago da Silva (sousafone) Wilhian Robson Werle (trombone/arranjador), Nicolais (trombone), Jonatan Nunes Souza (trompete), Gabriela Swartz (saxofone), Rebeca Emilli L. C. Silva (trompete), Thiago Leonardo (bateria) e Marcos Fiamoncini (percussão).

Orleans Street Jazz Band: a banda convidada é inspirada nas famosas street bands de New Orleans, que são a marca registrada da cidade americana. Tem na interação com o público o seu grande diferencial. Seu estilo irreverente aproxima o público e a sua formação inusitada chama a atenção por onde passa. O entrosamento do naipe de metais composto por sax, trompete e trombone, deixa o público boquiaberto, já o banjo, a sousafone e o washboard deixam todos intrigados. O repertório traz uma mistura de temas do jazz com o tempero brasileiro.  Com mais de 10 anos de carreira, a banda é marca registrada nos principais festivais do país.

Fonte: Prefeitura de Itajaí