Estudantes da Educação Integral lançam livro “Contos Temperados”

- PUBLICIDADE -

Estudantes da Educação Integral da Escola Básica Aníbal César lançaram, na tarde desta terça-feira (30), o livro “Contos Temperados”. O lançamento foi no auditório do Porto de Itajaí e é resultado do trabalho realizado na Oficina de Literatura da unidade de ensino, que conta com cinco contos de autoria dos alunos, que frequentam as aulas, no contraturno escolar. O trabalho tem a coordenação do professor Renato Capella. A iniciativa conta com o apoio da Secretaria de Educação.

“Para uma criança, tão importante quanto brincar é se alimentar corretamente. Alimentar-se de forma ampla, de comida mesmo e de muita cultura, de vivências, de narrativas. Pouco a pouco, a vida de cada um vai sendo temperada pelas várias influências que recebe. E foi isso que ocorreu neste livro”, explicou o professor Renato Capella.

Os alunos foram desafiados a atualizar contos clássicos, ou melhor, a “temperá-los” com temas e ícones mais próximos à realidade do jovem de hoje, na tentativa de diminuir a distância entre as crianças e a literatura.

“O resultado do trabalho da Oficina de Literatura conduzida pelo professor Renato foi encantador. Contos Temperados! Um livro construído a partir de uma outra perspectiva. Quando o leio, consigo escutar as falas das crianças e adolescentes que estudam no Aníbal Cesar. Gosto disso: uma leitura que “converse” com o leitor”, declarou a diretora da Escola Básica Aníbal César, Elenice Furtado.

Na apresentação desta terça-feira (30), durante o lançamento, o professor Renato Capella era interrompido o tempo todo pelos bonecos, personagens principais do livro. Os bonecos ganhavam vida e apareciam em forma humana, cantando uma canção da sua história, todas compostas e produzidas pelo Grupo Cambaquí, que hoje também estava no lançamento, cantando ao vivo. O corpo coreográfico foi organizado pela professora Larissa Pereira Rodrigues, da Oficina de Dança e os bonecos e os figurinos, confeccionados pelas professoras Edy Maria Rebelo e Marilene de Lima Benitez, que trabalham com as oficinas de Artesanato.

O lançamento contou com a presença de 160 alunos e professores dos Centros de Educação em Tempo Integral (Cedins) Dilzelena Márcia Teixeira, Napoleão de Souza, Emílio Gazaniga, Lucy Canziani, além da Escola Básica Ariribá e do Colégio Fayal. O primeiro volume teve a tiragem de 1 mil livros, que serão distribuídos para escolas e centros de educação infantil. Ainda neste ano, a unidade deverá lançar o segundo e o terceiro volumes da obra, que trará outros contos e diferentes autores.

“Esperamos que esses contos cheguem nas salas de aula de muitas escolas e que sirvam de incentivo para a criação de outros contos…com muito mais tempero”, enfatizou Elenice Furtado.

Fonte: Prefeitura de Itajaí