Desfile dos 105 anos de Chapecó reúne seis mil pessoas

- PUBLICIDADE -

Chapecó tem moradores de mais de 50 etnias e nacionalidades e algumas delas estiveram representadas no desfile de aniversário dos 105 anos do município, que reuniu cerca de seis mil pessoas, segundo estimativa da Defesa Civil, Guarda Municipal e Diretoria de Segurança Pública. Lá estavam os Kaingang da Aldeia Kondá, que são descendentes dos habitantes de Chapecó muito tempo antes da emancipação, ocorrida em 1917.

“Essa é uma oportunidade de mostrarmos que estamos aqui, mostrar nossa cultura que muitas vezes não é conhecida, para que ela seja preservada e respeitadas”, disse o professor indígena Eliel Inácio.

Também desfilaram representantes dos colonizadores, como alemães e italianos; além de imigrantes mais recentes, como venezuelanos e haitianos.

Os haitianos Joseph Estephane, que está há oito anos em Chapecó, e amiga Vania Fleurimont, que há um ano e sete meses está em Chapecó. “Estou muito feliz em poder participar do desfile”, disse Vania.

Outras nacionalidades presentes foram Argentina, Venezuela, China, Paraguai, Colômbia, Chile, Haiti,Colômbia, Moçambique e Paquistão.

“A história de Chapecó é contada por várias mãos, pelos indígenas, migrantes e imigrantes, que riscaram este chão, abriram estradas, ruas e avenidas. Recentemente recebemos uma nova onda de imigrantes, buscando uma vida melhor e ajudando na nossa produção. Despois de muitos anos estamos voltando a realizar o desfile de aniversário do município, pois precisamos valorizar esta que é nossa pátria, é o nosso chão”, disse o prefeito João Rodrigues.

O presidente da Câmara de Vereadores, Adão Teodoro, também parabenizou o aniversário. No palanque oficial, estiveram presentes a primeira dama, Fabiana Rodrigues, o secretário de Governo, Thiago Etges, e representantes Forças de Segurança, etnias e entidades e instituições que participaram do desfile. Outro secretários, vereadores e autoridades também estiveram presentes.

O desfile, que teve mais de 400 pessoas e 158 veículos abriu com a Banda da Escola Marechal Bormann e Programa Viver. Depois vieram as etnias e nacionalidades. Na sequência, Banda Adventista.

A Marinha e o 14º Regimento de Cavalaria Mecanizada do Exército, de São Miguel do Oeste, abriram o desfile militar. Depois vieram a Guarda Municipal de Chapecó, Polícia Militar, Polícia Ambiental, Polícia Militar Rodoviária, Corpo de Bombeiros, Polícia Civil, SAER, DEASE, Polícia Científica, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Jipeiros, Veteran Car, Carros Antigos, Opala Club, Fusca Club e Abutres Moto Clube.

O auxiliar de produção Cauê Rafael de Oliveira, 23 anos, morador do bairro Aeroporto, foi com filha Beatriz Helena, de cinco anos, assistir o desfile.

“Ela gosta de ver a polícia e ganhou uma bandeira do Brasil. A iniciativa é show de bola, pois resgata o patriotismo e valoriza a nossa cidade, que fica longe do litoral e de outros centros mas é um lugar bom de se viver. Sou de Curitiba mas escolhi aqui para morar, pois é uma cidade boa e bem administrada”, disse Oliveira, que também é fã da Chapecoense.

Fonte: Prefeitura de Chapecó SC