Semana de Valorização das Diferenças movimenta unidades de ensino

- PUBLICIDADE -
A Semana de Valorização das Diferenças (SVD) movimenta as unidades da Rede Municipal de Ensino. A abertura do evento foi na segunda-feira (22) e a programação segue até sexta (26), com palestras e seminário. Clique aqui para conferir a programação oficial. Em todas as ações, a intenção é dar destaque para a Educação Especial, na perspectiva da Educação Inclusiva, que objetiva o acesso e a permanência de todos nas escolas, independente de peculiaridades sociais, de gênero, religiosa ou de deficiências. 
 
No Centro de Educação em Tempo Integral (Cedin) Ângela Dalçoquio de Souza, da Barra do Rio, a agente de atividade em educação especial, Elaine Vastres, juntamente com toda a equipe, construiu um túnel interativo, sensorial e incluso, no qual as crianças podem experimentar sensações diversas. Ao longo desta semana, todas as turmas e profissionais poderão despertar os seus sentidos no espaço, que traz texturas variadas, música, iluminação. A ideia é que todos entrem no espaço com vendas e descalços para maior sensibilidade. 
 
“Sabendo que na essência somos todos iguais e que nas diferenças somos respeitados, temos o sonho da igualdade de fato e sabemos que ele só cresce no terreno do respeito pelas diferenças”, destacou a diretora da unidade, Verônica Bittencourt. 
 
O Centro de Educação Infantil (CEI) Vereador Luiz Gonzaga Agostinho, da Vila Operária, preparou uma sala sensorial. O espaço foi elaborado pelos profissionais da unidade, com o objetivo de estimular os sentidos táteis, visuais e auditivos, com o auxílio de materiais diversos. A sala sensorial está aberta para visitação de todas as famílias até sexta-feira (26). 
 
“Nosso corpo reage a estímulos vindos do ambiente externo a todo momento. As capacidades de processamento sensorial são usadas para a interação sensorial, para o desenvolvimento de habilidades motoras, para atenção e concentração. As crianças entram com os olhos vendados no primeiro momento. Após vivenciarem tudo, retiram as vendas e apreciam a sala sensorial com muito encantamento e surpresa. Eles ficam admirados e apaixonados pelo espaço, criado especialmente para esta Semana de Valorização das diferenças”, enfatizou a diretora do CEI, Viviane Pianezzer.
 
Já a Escola Básica Pedro Paulo Rebello, do bairro São Vicente realizou um desfile inclusivo com o tema “Sozinhos vamos mais rápido, juntos vamos mais longe”, numa iniciativa dos profissionais da Educação Especial que atuam na Escola. O Professor de Língua de Sinais, Sérgio Roberto Dias, participou do momento com a aluna Adrielly. Ela usou a fantasia de Gênio da Lâmpada, da história do Alladin no país das Maravilhas. A aluna estuda no 1° ano e no contraturno frequenta o Atendimento Educacional Especializado em Língua de Sinais, com o professor. 
 
“Esse trabalho visa ampliar a comunicação das pessoas surdas da nossa cidade, com vistas a tornar mais participativo, autônomo e democrático o processo de inclusão escolar”, explicou o professor Sérgio Roberto Dias. 
 
Em Itajaí, por meio da Lei nº 4074, de 16 de abril de 2004, foi instituída a Semana dos Portadores de Necessidades Especiais. Hoje, conforme atualização das legislações e consensos teóricos, não se utiliza mais este termo. Nesse sentido, criou-se, em 2017, a Semana de Valorização das Diferenças de Itajaí – a SVD.

Fonte: Prefeitura de Itajaí