Tecnologia móvel 5G já está em funcionamento na Capital

- PUBLICIDADE -

Com o início das operações em Florianópolis, nesta segunda-feira (22), a tecnologia móvel 5G já está em funcionamento em Santa Catarina. A capital é a primeira cidade do estado a receber a nova geração de internet, que oferece mais velocidade de navegação e promete revolucionar a transmissão de dados.

Por enquanto, Florianópolis será a única cidade catarinense a contar com a novidade. Conforme cronograma da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), até julho de 2025 Joinville será contemplada. A expectativa é que todo o estado esteja coberto até o final de 2029. No entanto, esse cronograma pode sofrer alterações, sendo antecipado ou postergado.

Conforme Ivan Roberto dos Santos, da Superintendência de Tecnologia da Prefeitura de Florianópolis, entre os diferenciais da nova tecnologia, está a possibilidade de se manter um grande número de aparelhos conectados ao mesmo tempo sem prejudicar a velocidade de navegação, além do uso de antenas menores, pouco perceptíveis, se comparadas com o 4G e o 3G. “Hoje, nos locais em que já foi liberado o sinal, o usuário vai sentir essa velocidade de navegação. Vai poder baixar um filme em pouco tempo, por exemplo”, explica

No ano passado, o município aprovou na Câmara de Vereadores uma nova legislação sobre a instalação de antenas para viabilizar a tecnologia. Segundo Santos, as normas se baseiam na legislação federal e devem ser replicadas por todos os municípios. “Estamos, também, buscando apoiar o máximo possível as operadoras, para que elas não tenham entraves na instalação da tecnologia. Lembrando que o poder público não está gastando nada com isso, todo o investimento é obrigação das operadoras.”

Para o representante da prefeitura, as perspectivas para o 5G são bastante positivas. “O futuro é bem promissor. Não conseguimos visualizar exatamente como será, porque a partir de agora, com o 5G, as empresas poderão começar a desenvolver serviços e produtos para a população baseado nessa nova tecnologia. Mas a gente espera uma cidade muito mais inteligente, com sistemas de proteção, de segurança, melhores e mais eficientes.”

Alesc
A Assembleia Legislativa de Santa Catarina acompanhou a chegada do 5G ao estado por meio da Comissão de Economia, Ciência, Tecnologia, Minas e Energia, que periodicamente se reuniu com representantes do poder público e das operadoras de telefonia responsáveis pela novidade. A comissão cobrou das empresas de telefonia o cumprimento do cronograma de instalação da nova geração.

Em junho, a Alesc aprovou o Programa de Estímulo à Implantação das Tecnologias de Conectividade Móvel no Estado de Santa Catarina. A norma (Lei 18.442/2022), de origem parlamentar, foi sancionada pelo Executivo em julho e já está em vigor.

Na prática, a lei tem o objetivo principal de viabilizar a chegada do 5G no estado. Para isso, elenca uma série de ações que deverão ser implantadas, como a promoção de um ambiente favorável à economia digital e o debate acerca dos ganhos e impactos advindos da tecnologia 5G. Prevê também o estímulo à modernização das legislações locais que tratam da implantação da infraestrutura de telecomunicações; a cooperação entre os entes municipais para o alinhamento das legislações e o desenvolvimento de tecnologias.

Fonte: Agência ALESC