Grupo Escolar Carlos de Paula Seára realiza projeto de leitura com alunos e famílias

- PUBLICIDADE -

Os estudantes do primeiro ao quinto ano do Grupo Escolar Carlos de Paula Seára, do bairro Ressacada, despertaram o gosto pela leitura de uma forma diferente. O projeto “A História, um Conto e uma Viagem”, oportuniza ao alunos a oferta de gêneros do discurso e suas tipologias textuais; conhecer outros tipos de biblioteca em espaços públicos e privado; compreender a história lida, interpretar de forma crítica e criativa, além de melhorar a produção de escrita e ampliar o vocabulário usual.

Dentro do projeto, está inserida a Maleta Viajante, que percorre a casa dos estudantes, a fim de auxiliar no processo da alfabetização e letramento. Até agora, 15  famílias já receberam a maleta, que fica de quinta até segunda-feira na casa do estudante, depois retorna para a unidade e segue para outro destino. O projeto é desenvolvido pelas professoras responsáveis pela biblioteca escolar, Patrícia Garcia e Maria Goretti da Silva Pahl, em parceria com o corpo docente e equipe diretiva da unidade.

“Ao envolver a família no processo de ensino e aprendizagem a intencionalidade é resgatar valores atemporais como: responsabilidade, momento de leitura deleite familiar, cooperação e autoestima, visando construir aprendizagens significativas que contemplem os quatro pilares da educação: aprender a conhecer, aprender a fazer, aprender a conviver e aprender a ser, assim como, oportunizar o desenvolvimento de habilidades”, afirmou a professora Patrícia Garcia.

“A escola tem como função social preparar seus alunos para além de ler e escrever, e, por conseguinte, compreender o mundo que os cercam, mesmo havendo uma distância entre as exigências sociais e as habilidades apresentadas por esses alunos. Pretende-se discutir a natureza desse descompasso, compreender os processos de aprendizagem e promover situações de ensino e aprendizagens necessários e imprescindíveis ao desenvolvimento dos educandos”, complementou a professora Maria Goretti.

O trabalho começou com uma reunião com as professoras regentes para discutir as especificidades do projeto, de acordo com a necessidade de cada turma. Na sequência, todos os 220 alunos participaram de uma roda de conversa, selecionaram os livros literários e elaboraram a maleta itinerante. Também foram organizadas escalas do dia da leitura na escola, quando durante 20 minutos todos os funcionários e alunos param para fazer uma leitura.  O projeto começou no dia 04 de agosto e segue até o fim do ano.

“Ao longo do projeto, ainda teremos produções individuais e coletivas de textos orais e escritos, contação de histórias, sarau literário e aulas passeios para a Biblioteca Pública Municipal e da Univali, que devem ocorrer no mês de setembro”, explicou a diretora do Grupo Escolar Carlos de Paula Seára, Sidneya Silva dos Santos.

Homenagem aos estudantes

No dia do estudante, celebrado na última quinta-feira, 11 de agosto, os alunos do Grupo Escolar Carlos de Paula Seára, receberam uma homenagem. Os artistas Bárbara Damásio, William Goe e Ricardo Carbalo Domingues apresentaram o espetáculo “Primeiros Passos, Primeiras Notas”. O encontro envolveu todos os 220 estudantes da unidade, que ficaram encantados com a apresentação.

Fonte: Prefeitura de Itajaí