TRE divulga detalhes sobre as eleições de 2022 em Santa Catarina

- PUBLICIDADE -

O Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina (TRE/SC) divulgou detalhes sobre as eleições do próximo dia 2 de outubro. Na entrevista coletiva realizada em Florianópolis e transmitida pela Internet para todo o Estado, nesta terça-feira (9), foram apresentadas orientações e informações para a imprensa e dados gerais sobre o pleito.

O presidente do TRE, desembargador Leopoldo Augusto Brüggemann, citou que Santa Catarina terá 16.200 urnas que vão receber os votos de 5.489.658 eleitores, que irão eleger deputados federais e estaduais, um senador e seus dois suplentes, governador e vice, presidente da República e vice. “Cada eleição é sempre a maior da história, não só pelo volume de eleitores, mas porque desafios específicos são lançados. Depois da exitosa realização das eleições de 2020, em meio à pandemia da Covid-19, é o momento que estamos atentos para ameaças que eu prefiro enxergar como efetivas oportunidades”, comentou.

A expectativa do TRE é de um número recorde de candidaturas, sendo que 950 candidatos já estão confirmados pelos partidos, enquanto em 2018 foram 750. Ao total, 349 registros já estão formalizados no tribunal. Os demais têm até dia 15 de agosto para entregar todos os documentos. Os registros devem ser julgados até 20 de setembro.

Voto em trânsito
A secretária da Corregedoria Regional Eleitoral, Revata Fáveri, explicou que uma das funções do setor é de garantir o exercício do voto. Sobre isso, em relação ao voto em trânsito, ela informou que os eleitores que já sabem que não estarão em seu domicílio eleitoral mas que estarão em cidades com mais de 100 mil eleitores, poderão votar. “Estamos recebendo esses pedidos, fazendo o processamento e alocação deles nas sessões conforme solicitado”, afirmou.

A modalidade não é obrigatória e quem não puder ir, pode justificar. “Temos os canais de atendimento do TRE, site e redes sociais com informações sobre como e onde votar, documentos necessários. Há ainda o Disque Eleitor [0800 647 3888] e, qualquer duvida, é só ligar”, assegurou.

Propaganda eleitoral
Renata comentou também que a campanha eleitoral inicia no próximo dia 16 de agosto, com as caminhadas, carreatas, distribuição de panfletos e propaganda na Internet. “No dia 26, inicia o horário eleitoral gratuito, com espaços reservados para todos os partidos e coligações.  A distribuição de tempo de cada partido será no dia 19.

Nos juízos de primeiro grau, nas zonas eleitorais, ficam as competências administrativas como a convocação de mesários e organização dos locais de votação”, relatou. Fica sob a responsabilidade desta instância o exercício de poder de polícia sobre a propaganda de rua, como, por exemplo, a colocação de placas indevidas e bandeiraços que atrapalhem o trânsito.

Novidade
De acordo com a secretária, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) novamente vai disponibilizar aplicativo pelo qual o eleitor pode encaminhar denúncias sobre propagandas de rua. “Temos no site [do TRE] o Manual de Propaganda Eleitoral e uma cartilha, produzidos pela Corregedoria, para deixar as normas sobre o assunto, com muitos detalhes, para acesso dos partidos e coligações, da imprensa e do público em geral”, destacou.

O diretor geral do TRE, Gonsalo Augustinho Ribeiro, revelou que neste ano são 63 cargos em disputa: 16 para deputado federal, 40 para deputado estadual, senador e seus dois suplentes, governador e vice e presidente e vice. A ordem de votação vai ser deputado federal, deputado estadual, senador, governador e presidente.

Uma novidade, conforme o diretor, será o monitor do mesário, que vai saber se o eleitor está ou não seguindo esta sequência. “Na urna, o eleitor terá a informação da sua cédula. O mesário terá um microterminal, que ficará a uma distância de cinco a seis metros, e saberá em qual cargo o eleitor está votando, sem saber o nome ou número do candidato e partido. Ele poderá auxiliar a distância caso a pessoa, por exemplo, alegar que não aparece a foto de quem ela votou. O mesário dirá qual cargo está sendo votado e, se for necessário, orientar o eleitor a reiniciar o processo, apertando a tecla “corrige” antes de recomeçar”.

Crescimento
Ribeiro informou ainda que o número de eleitores em 2022 teve um crescimento de 5,45% em relação a 2018, com 419 mil eleitores a mais. “Já temos 11 cidades no Estado que superam os 100 mil eleitores, a novidade é Balneário Camboriú. Temos também um crescimento no conjunto de eleitores entre 16 e 17 anos”, comemorou.

De acordo com ele, a campanha “Bora Votar”, iniciada em setembro de 2021, teve um “sucesso espetacular”, pois gerou um crescimento de mais de 350% nesta faixa de eleitores em relação ao início da ação, quando eram pouco mais de 15 mil jovens.

Fake news
O tribunal também tem o “Sistema de Alerta do TSE”, ferramenta que funcionará em parceria com redes sociais – como WhastApp, TikTok, Flickr e Instagram – para denúncia de fake news. “A checagem será feita pelas plataformas e o cidadão poderá comprovar enviando vídeos ou fotos ou qualquer outra informação”, disse Ribeiro.

Saiba mais:
www.tre-sc.jus.br
Disque eleitor: 0800 647 3888
Instagram: @trescjusbr
Facebook: /trescjusbr
Twitter: @trescjusbr
YouTube: /canalTRESC
TikTok: @trescjusbr
Flickr: /trescjusbr

Fonte: Agência ALESC