16 C
Balneário Camboriú
InícioCamboriúCamboriú forma a primeira turma do Projeto Guardião Protetor Ambiental

Camboriú forma a primeira turma do Projeto Guardião Protetor Ambiental

Na solenidade foram apresentados os novos alunos que irão participar do segundo ciclo do projeto

A natureza de Camboriú agora tem novos protetores! A Fundação do Meio Ambiente de Camboriú (Fucam), em conjunto com a Secretária de Desenvolvimento e Assistência Social, formou a primeira turma do Projeto Guardião Protetor Ambiental. Foram 19 alunos formados, de 11 a 16 anos de idade, nesse primeiro ciclo do projeto. A formatura foi realizada nesta terça-feira, dia 26, no Centro de Eventos Portal das Pedras, na localidade dos Macacos. Estiveram presentes: o prefeito de Camboriú, Elcio Rogério Kuhnen, vereadores, secretários, autoridades militares e religiosas. Além de certificar os primeiros alunos, o evento também apresentou alguns dos novos guardiões. A nova turma terá 25 alunos e as aulas começarão no mês de agosto.

“Esse é o momento em que o conhecimento distribuído aos alunos os capacitam a serem guardiões. Na nossa vida aprendemos, fizemos provas e respondemos questões sobre o meio ambiente. Mesmo aprendendo na teoria, muitos não puderam aprender, como os Guardiões, na prática. Esses adolescentes são sementes que germinaram e que protegerão essa nossa cidade que é linda por natureza. O Guardião é um projeto de sucesso que precisa ser multiplicado e espelhado”, declara o prefeito de Camboriú, Elcio Rogério Kuhnen.

Além de diplomados, alguns alunos do Guardião receberam troféus de destaque. Eles foram premiados por sua desenvoltura nos quesitos: superação, revelação, determinação, talento e evolução. Alguns desses alunos continuarão na próxima turma como instrutores no novo ciclo. “Os relatórios dos alunos melhoraram muito ao longo do projeto, hoje elas são adolescentes diferentes, graças ao Projeto Guardião”, classificou o secretário de Desenvolvimento e Assistência Social, Edson Godinho Mafra Júnior.

Projeto:

O projeto teve 15 encontros com atividades educacionais, voltadas para teoria e prática, ou seja, saídas a campo. Os alunos debateram assuntos importantes como: nascentes e água; licenciamento de loteamento; resíduos sólidos; vida marinha e aquática; instrução de sinalização de trilha e fauna. “Todas as aulas do Projeto foram muito gratificantes, os alunos já tem no sangue a alma de guardião. Eles já nos denunciam casos de animais maltratados, queimadas, cavalos soltos nas ruas… Fizemos a diferença na vida desses adolescentes, precisamos que eles continuem sendo firmes e aproveitem o seu potencial. Eles continuarão conosco nos ajudando na Campanha de Reciclagem do município ou sendo monitores do projeto”, definiu o presidente da Fundação do Meio Ambiente, Valmor Dalago.

Os alunos do Projeto Guardião tiveram vivências na Cachoeira Seca, trilha do Pico da Pedra, em depósito de recicláveis e outros lugares. Para finalizar esse primeiro ciclo, os novos Protetores Ambientais irão em uma viagem para Curitiba, onde conhecerão o Jardim Botânico, Parque Tanguá e projetos da Secretaria de Meio Ambiente da capital paranaense.

Fonte: Prefeitura de Camboriú – SC

Comente com o Facebook
Redação SC Hoje
Redação SC Hoje
DÊ SUA OPINIÃO SOBRE A QUALIDADE DO CONTEÚDO QUE VOCÊ ACESSOU. Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e envie sua mensagem por e-mail [email protected] ou pelo WhatsApp 48 99805.5030
- Advertisment -

Mais Lidas

Enviar mensagem
Envie FOTOS, VÌDEOS, ÁUDIOS, DENÚNCIAS ou sugestões de pauta para a equipe da redação!