16 C
Balneário Camboriú
InícioPolíticaUso da aeronave Arcanjo 6 volta a ser debatido em plenário

Uso da aeronave Arcanjo 6 volta a ser debatido em plenário

O caso envolvendo o recente uso do avião Arcanjo 6, do Corpo de Bombeiros Militar, por uma comitiva liderada pelo governador do Estado, voltou ao foco dos debates durante a sessão plenária  da Assembleia Legislativa da manhã desta quinta-feira (21).

O tema voltou à tribuna por iniciativa do deputado Valdir Cobalchini (MDB), que buscou rebater as críticas em torno da utilização da aeronave para atividades que não envolvam questões de saúde, e também explicar a sua participação entre os passageiros do voo em questão.   

De acordo com o parlamentar, ao contrário do divulgado, o aparelho está vinculado ao gabinete do governador do Estado e este o cede para uso da Secretaria de Estado da Saúde nas ocasiões em que um transporte de urgência se faça necessário, ainda que o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) conte com aeronaves-ambulância.

Com relação às declarações de que teria utilizado o Arcanjo 6 para participar de agenda de compromissos em municípios do Meio-Oeste, Cobalchini afirmou que já se encontrava na região e que apenas aceitou um convite do governador para retornar a Florianópolis.

Ele encerrou o pronunciamento apontando a sua motivação em dar seguimento ao tema no plenário da Assembleia Legislativa. “Eu gostaria de fazer esse registro porque, lamentavelmente, deturpou-se o que ocorreu, buscando ter um aproveitamento político, o que eu lamento profundamente.”

Maurício Eskudlark (PL), por sua vez, defendeu que o uso do avião fosse restrito aos atendimentos em saúde, tendo em vista que a sua operação é do Corpo de Bombeiros. Ele afirmou ainda que entende a necessidade que o chefe do Poder Executivo tem em se deslocar de forma rápida pelo território catarinense e que, por isso, o governador Carlos Moisés tomou uma decisão administrativa equivocada quando, ainda no início do seu mandato, vendeu as demais aeronaves que pertenciam ao Estado.

Mais enfático, Sargento Lima (PL) contestou a afirmação de que o Arcanjo 6 não é um avião voltado ao atendimento de emergência. “Podem inventar os malabarismos que quiserem, é um avião-ambulância.” Ele também disse que pedirá o afastamento do secretário de Estado da Saúde, Aldo Baptista Neto.

SC-370
Ainda durante a sessão, Pepê Collaço (PP) foi à tribuna para solicitar melhorias na SC-370. Conforme o parlamentar, a via, de 35 km, além de promover a ligação de Tubarão e Braço do Norte, é fundamental para o escoamento da produção de diversos municípios próximos, como São Ludgero, Rio Fortuna e Grão Pará.

Ele explicou que, diante do crescente fluxo de veículos de carga e de passeio na região, tornam-se necessárias medidas como a revitalização da estrada, seu alargamento e duplicação.

Collaço disse ainda que o governo do Estado já teria se manifestado positivamente a um requerimento seu solicitando a realização das obras. “Então, eu registro isso nessa manhã, aqui na Assembleia Legislativa, para que a gente possa reforçar o pedido a essa obra tão importante para a região Sul, para a Amurel [Associação dos Municípios da Região de Laguna], e para as cidades de Tubarão e do Vale do Braço do Norte.”

Aniversário de Balneário Camboriú
Maurício Eskudlark destacou o aniversário de emancipação administrativa do município de Balneário Camboriú, ocorrido no último dia 20 de julho. “Balneário Camboriú está completando 58 anos de história. Uma história bonita, de uma das cidades mais conhecidas do mundo.”

Na ocasião, ele também prestou uma homenagem ao radialista Luiz Carlos “Tigrão” Pereira, pelo seu grau de identificação e vinculação com a cidade.

Fonte: Agência ALESC

Comente com o Facebook
Redação SC Hoje
Redação SC Hoje
DÊ SUA OPINIÃO SOBRE A QUALIDADE DO CONTEÚDO QUE VOCÊ ACESSOU. Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e envie sua mensagem por e-mail [email protected] ou pelo WhatsApp 48 99805.5030
- Advertisment -

Mais Lidas

Enviar mensagem
Envie FOTOS, VÌDEOS, ÁUDIOS, DENÚNCIAS ou sugestões de pauta para a equipe da redação!