JOGOS MEDIEVAIS: GAROTADA DA REDE MUNICIPAL DE ENSINO DA CAPITAL APRENDE SOBRE HISTÓRIA EM COMPETIÇÃO


Os estudantes das 3 turmas de 7° ano da Escola Básica Municipal Maria Conceição Nunes, no Rio Vermelho, foram “convocados” para participar dos Jogos Medievais 2022 que estão sendo realizados na unidade.


O projeto anual foi criado pelo professor de história Felipe Weissheimer e tem como objetivo aplicar a metodologia STEAM – por meio desta técnica o aprendizado é realizado utilizando ferramentas práticas – a fim de desenvolver o protagonismo estudantil na construção do conhecimento.


A competição é dividida em 3 fases e aborda temas como o feudalismo, nações europeias e navegações marítimas. Nelas os “cavaleiros e cavaleiras” testarão suas habilidades e competências nas áreas de ciências, tecnologia, engenharia, artes e matemática.


Na 1ª etapa foi abordado o feudalismo – forma de organização social e econômica instituída na Europa Ocidental durante a Idade Média – e os primeiros reinados da Europa.


As turmas participaram de disputas internas, entre seus cavaleiros e senhores feudais, com catapultas, construção de castelos e coroação do Rei.


Na sequência, em junho, será trabalhado o nascimento dos países e nações europeias. Na 2° fase, o confronto terá os mesmos termos, porém uma turma enfrentará a outra e o primeiro imperador da Europa será definido.


A 3° e última etapa, que será realizada em outubro, terá como foco as grandes navegações marítimas depois do surgimento das monarquias e dos países europeus. Nela, os estudantes construirão castelos, caravelas e barquinhos de palito de picolé movidos a vento, que serão usados na corrida de barco.


Segundo o professor Felipe esta competição estimula a criatividade e desafia os estudantes a desenvolverem raciocínios que vão além da disciplina de História. “Os Jogos promovem experiências com projetos manuais que auxiliam na memorização e compreensão dos conteúdos curriculares”.

galeria de imagens


Comente com o Facebook