Camboriú abre inscrições de oficinas de capacitações voltadas a inovação para crianças e adolescentes


Inscrições acontecem entre os dias 13 de junho a 7 de julho, no CRAS

Para dar novas oportunidades as crianças e adolescentes de Camboriú, a Secretaria de Desenvolvimento e Assistência Social, através do Centro de Referência e Assistência Social (CRAS) do Monte Alegre, em parceria com o Serviço Social da Indústria (SESI/SENAI) e a entidade da Indústria do Estado de Santa Catarina (FIESC), irá promover as oficinas de capacitações do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculo (SCFV) Maker Start Kids (para crianças de 6 a 10 anos de idade) e o Maker Startup Teens (11 a 17 anos de idade). Os encontros contemplarão 200 alunos e tem previsão de início para o dia 11 de julho.

“Ações como essas são fundamentais no sentido de semear em nossa juventude o desejo e o sonho por uma formação de qualidade, trazendo novas oportunidades que contribuem a partir de ações estratégicas como uma ferramenta, por exemplo, no auxílio à erradicação do trabalho infantil. O objetivo dessas vivências é contribuir com o desenvolvimento de competências fundamentais para nossos tempos, oferecendo aos participantes a oportunidade de aprender por meio de práticas inovadoras”, declara o Secretário de Desenvolvimento Assistência Social, Edson Godinho Mafra Júnior.

As inscrições acontecem do dia 13 de junho ao dia 7 de julho. Para se inscrever é preciso comparecer ao CRAS do Monte Alegre, localizado na Rua Monte Neblina n° 400, das 9h às 18h. Os documentos necessários são: comprovante de residência, RG e CPF do aluno e do responsável. A criança que não tiver RG poderá trazer a certidão de nascimento.

As aulas serão no Centro de Apoio á Família Adão da Rosa na Rua Flamboyant, n° 951, no Bairro Monte Alegre. As atividades acontecerão no turno matutino das 9h às 12h e vespertino das 13h30min às 16h30min. Serão quatro turmas para cada oficina, com preferência aos alunos residentes no território do CRAS (Tabuleiro, Monte Alegre, Conde Vila Verde e Várzea do Ranchinho).

As vivências terão temáticas variadas, contemplando diversas áreas do conhecimento. Os conteúdos abordados serão os seguintes:

– Comunicação e Mídias: oficinas de fotografia, reportagens, criação de personagens, roteiro e stop motion;

Ciências: conhecimentos básicos de uma horta suspensa, qualidade da terra, drenagem, tipo de plantas para estação e cuidados básicos com o meio ambiente;

– Games e Matemática: jogos de tabuleiro e brincadeiras com o uso de cálculos matemáticos;

– Tecnologia e Robótica: atividade básica de montagem e programação de robôs, utilizando-se de lego de diferentes estruturas, como WEDO e ATTO;

Atividades Físicas: Psicomotricidade, desenvolvimento corporal com exercícios e alongamentos, adequados a idade dos alunos e trabalho em grupo.

Comente com o Facebook