Paulinha defende menos impostos a hospitais e elogia iniciativa do governo


A saúde como missão em seu mandato moveu a deputada Paulinha (Podemos) a defender menos impostos para os hospitais catarinenses. “Menos impostos para os hospitais com o propósito de salvar mais vidas. Porque é isso que importa para a nossa gente”, avaliou ela, enaltecendo a iniciativa sensível do governo de Santa Catarina, que construiu a Medida Provisória  250/2022, e garantiu isenção do ICMS sobre as dívidas de energia elétrica. A MP foi aprovada pelo Parlamento  no final de maio e foi assunto das redes sociais de Paulinha.  

“Minha gratidão a toda a equipe do governo de Santa Catarina, que elaborou  a medida provisória que elimina uma dívida com a Celesc de R$ 90 milhões, favorecendo os mais de 180 hospitais filantrópicos de Santa Catarina. E porque isso é importante? Porque precisamos falar sobre isso? Porque muito mais vidas serão salvas, pessoal. Porque sobra mais recursos para amparar quem precisa”, avaliou a deputada.

Paulinha faz questão de enfatizar que essas iniciativas só são possíveis em Santa Catarina graças a gestão austera promovida pelo governador Carlos Moisés.

“Uma gestão eficiente, municipalista e inclusiva. Eu, em mais de 30 anos de vida pública, testemunhei, pela primeira vez, a mão do Estado alcançar todos os 295 municípios catarinenses, independente de siglas partidárias ou cores ideológicas”, afirmou. “Defendemos um governo onde cada catarinense seja honrado e respeitado. Ainda há muito por fazer, é bem verdade, mas estamos trilhando esse caminho”, finalizou. O mandato da deputada Paulinha viabilizou para a saúde dos catarinenses mais de R$ 50 milhões.

O que é
A aprovação da MP 250/2022 pela Alesc garante isenção do ICMS  sobre as dívidas de energia elétrica. A medida beneficiará mais de 180 estabelecimentos no Estado que acumulam mais de R$ 90 milhões de débitos com a Celesc.

Valquiria Guimarães
Assessoria de Comunicação
Deputada Paulinha
048 991047676

Comente com o Facebook