No Dia da Liberdade de Imprensa, deputado repudia violência contra radialista


“Atos como esse devem ser prontamente repudiados. A violência contra a liberdade de imprensa é ameaça à nossa democracia”, afirmou o deputado Dr. Vicente Caropreso (PSDB) na  tribuna da Assembleia Legislativa. Ele se referiu a agressão sofrida pelo radialista Sérgio Luíz, da Rádio Aliança FM, quando cobria as eleições suplementares para prefeito de Presidente Castelo, cidade do Meio Oeste catarinense, no último domingo.

“É  inaceitável um profissional  de imprensa  ser atacado por fazer seu trabalho. A crítica e a liberdade de expressão  jamais podem ser usurpadas pela violência. Infelizmente, a agressão física e verbal contra jornalistas  tem crescido muito no país. Principalmente diante da polarização política”, lamentou o deputado ao destacar a passagem do Dia Mundial da Liberdade de Imprensa, comemorado no dia 7 de junho.

Ele também deu como exemplo o desaparecimento do jornalista inglês Dom Phillips e do indigenista e servidor da Funai Bruno Araújo Pereira. Dom Phililips produzia reportagem para o jornal The Gardian sobre  conflitos em terras indígenas na Amazônia. “Hoje mesmo a imprensa internacional está voltada para o Brasil por esse motivo”.

Assessoria de Comunicação

Deputado Dr. Vicente Caropreso  – PSDB

(48) 99127 8540

Comente com o Facebook