Casa da Cultura recebe Jornada Vivências em Cerâmica

- PUBLICIDADE -


Neste sábado (28/5) começa a Jornada Vivências em Cerâmica em Joinville. A iniciativa, organizada pela Associação de Amigos da Casa da Cultura e apoiada pela Casa da Cultura, vai realizar encontros mensais, sempre aos sábados, de maio a dezembro, trabalhando temáticas e formatos diferentes, desde palestras sobre processos até oficinas de modelagem em torno.

Às 13h, no auditório da Casa da Cultura, será realizada a palestra sobre o Laboratório Futuro Ancestral, realizado entre fevereiro a abril deste ano. A palestra será com as idealizadoras do projeto, Paula Riedi e Isadora Terranova, além de Mari Escobar, indígena guarani que participou como palestrante da iniciativa.

O Laboratório Futuro Ancestral teve como proposta produzir peças de cerâmica a partir do conhecimento dos povos originários de Joinville e região. Ao final, foi realizada uma exposição coletiva com todos os trabalhos. O projeto também rendeu um catálogo que pode ser acessado pelo link linktr.ee/futuroancestral.

Em seguida, das 14h às 17h, Mari realiza a oficina “Nhaeû nhembo’e Arandu – Sabedoria do Barro”. As vagas para esta atividade já foram preenchidas, porém, uma turma extra foi aberta para o dia 11 de junho. É necessário realizar inscrição antecipadamente e o valor é de R$ 70. Mais informações sobre a inscrição e as datas das atividades estão disponíveis no Instagram @vivencias_em_ceramica.

De acordo com as organizadoras da atividade, as professoras da Casa da Cultura, Daniele Rieper e Andreia Schmitz, o intuito de promover a Jornada é proporcionar aos interessados pelo tema um contato mais próximo com as diferentes técnicas ligadas à cerâmica.

Conforme as professoras, este evento era oferecido durante uma semana no meio do ano, chamada Semana do Ceramista. Esse, em forma de Jornada, será realizado uma vez por mês, de modo a melhor atender os interessados e os artistas ceramistas convidados.

Todas as atividades promovidas pela Associação de Amigos da Casa da Cultura serão pagas. Não é preciso ter experiência com cerâmica para participar, mas a idade mínima é de 16 anos.