Abordagem Social atendeu mais de 80 pessoas nesta segunda e terça-feira, dias 16 e 17


O Serviço da Abordagem Social está atendendo denúncias e realizando a busca ativa às pessoas em situação de rua para protegê-las do frio. Nesta segunda e terça-feira, dias 16 e 17, foram registradas 30 denúncias e atendidos 86 usuários. Das pessoas abordadas, apenas 23 aceitaram acolhimento no Abrigo Municipal de Blumenau (Amblu).

O Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua (Centro POP) distribuiu cerca de 15 cobertores e 45 peças de roupas, entre casacos, calças, camisetas e meias. Nenhum usuário manifestou a necessidade de cobertor para a equipe da Abordagem Social.

Ao encontrar uma pessoa em situação de rua, o contato pode ser feito pelos telefones 156 na opção 2, 99945-9630 ou 3381-6510. A equipe atende de segunda a sexta-feira das 05h30 à 01h e finais de semana, das 08h às 20h.

Mário Hildebrandt, Prefeito de Blumenau, é formado em serviço social e reitera o pedido para que a comunidade não dê esmolas. “Nossa Cidade é conhecida por sua solidariedade, mas nossa população precisa também entender que o auxílio aos moradores em situação de rua não é resolvido com a esmola. O efeito da esmola é justamente o de perpetuar essa pobreza e essa triste condição da vida nas ruas. O Município tem a equipe técnica da Assistência Social, que tem a difícil missão de convencer essas pessoas a aceitarem ajuda e quanto mais esmolas recebem, menos ajuda da equipe aceitam”, destaca o Prefeito.

A Prefeitura aceita doação de roupas masculinas cobertores, toucas, luvas e meias em bom estado que ajudam a proteger a população em situação de rua. A entrega dos mantimentos pode ser feita no Centro POP, que fica localizado na Rua Rudolf Roedel, 147, bairro Salto Weissbach ou na sede da Secretaria de Desenvolvimento Social (Semudes), localizada no Rua Otto Hennings, 130, bairro Itoupava Seca.

Assessora de Comunicação: Anna Clara Uliano

postada em 18/05/2022 16:47 – 6 visualizações

Fotos

Comente com o Facebook