Professores participam de formação em primeiros socorros


Com objetivo de capacitar professores e funcionários de estabelecimentos de ensino públicos e privados e de estabelecimentos de recreação infantil, a Prefeitura de Chapecó, através da Secretaria de Educação e os Setores de Educação Infantil e Ensino Fundamental, com a colaboração do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina, promoveram nesta terça-feira, no auditório da Prefeitura, formação intitulada: “Primeiros Socorros na Rede Municipal de Ensino de Chapecó”.

A formação é realizada com base na Lei N° 13.722, de 4 de outubro de 2018, que torna obrigatória a capacitação em noções básicas de primeiros socorros. Nesse primeiro momento participaram da capacitação todos os professores de Educação Física da rede municipal.

A Lei Lucas como é conhecida, foi criada após o acidente ocorrido em 2017 com o menino Lucas, de apenas 10 anos de idade, cadeirante, que ao participar de uma excursão escolar acabou morrendo devido a um engasgo ocorrido durante um lanche. Lamentavelmente a falta de preparo e conhecimento de técnicas de primeiros socorros por parte dos presentes, resultou na perda da vida do menino.

A Soldado Andressa do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina, conduziu a formação, capacitando-os para aplicar técnicas de primeiros socorros a qualquer criança ou adulto que se encontre em condição de risco mediante a uma ocorrência de incidente até a chegada de ajuda profissional. “Para nós do Corpo de Bombeiros, esse tipo de instrução é um momento importante para preparar pessoas para salvar vidas, tendo uma resposta rápida, efetiva e segura durante a emergência, aprendendo o que pode ou não pode fazer durante um salvamento”, destacou.

A escola é um espaço de aprendizagem e muita diversão, os estudantes passam parte do dia nas instituições educativas realizando diversas atividades. Todo esse movimento e nos momentos de alimentação as crianças não estão livres de sofrerem acidentes. “O atendimento rápido dentro do espaço escolar até a chegada do socorro é crucial para salvar uma vida, preparar os nossos profissionais para essas situações é de extrema importância”, enfatizou a Secretária de Educação, Astrit Tozzo.

Comente com o Facebook