Obras de modernização da Arena Condá passam de 40% já executadas


Um guindaste está trabalhando nesta semana na ala Norte da Arena Condá para a montagem da estrutura metálica da cobertura e montagem da estrutura metálica da torre de escada. Esta é uma parte das obras de ampliação e modernização do espaço desportivo que é da Prefeitura , mas que serve também para a Chapecoense mandar seus jogos.

No Prédio do Memorial, que será na antiga Secretaria de Esportes e que também foi sede da Chapecoense, está em andamento a montagem do telhado, estrutura de fechamento das laterais e contrapisos.

Na Ala Leste da Arena Condá, está sendo realizada a execução de reboco, contrapisos e pintura no espaço que vai abrigar a estrutura da Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento. Já na parte que vai abrigar a Secretaria de Assistência Social estão sendo realizadas as obras de alvenaria e reboco. O percentual de obras passa de 40%.

De acordo com o secretário de Planejamento e Desenvolvimento, Valmor Scolari, a expectativa é de que obra seja concluída até agosto, para que seja realizada a inauguração no mês de aniversário do município.

“Com a mudança vamos gerar uma economia de R$ 35 mil mensais para os cofres do município”, disse Scolari.

Nesta etapa o investimento é de R$ 14.996,417,70 e prevê modernização das Alas Norte e Leste, com cobertura metálica, camarotes e área de convivência com lanchonetes na Ala Norte; fechamento do segundo piso da Ala Leste, espaço para futuro museu; reforma do bloco administrativo anexo à Ala Leste e cobertura metálica próximo à entrada da Ala Leste.

Ainda em 2017, quando era deputado federal, o prefeito João Rodrigues, ajudou a conseguir os recursos no então Ministério dos Esportes, que foi incorporado pelo Ministério da Cidadania.

A primeira etapa, que foi a melhoria da iluminação da Arena, uma exigência da CBF, iniciou em 2019 e foi concluída em 2020, com investimento de R$ 3.399,726,86.

A capacidade de iluminação foi ampliada em dez vezes, com a ampliação da subestação de energia, gerador, quadros de comando das torres, novas torres de iluminação, instalações gerais e adequações dos cabeamentos externos.

Do investimento de R$ 18,4 milhões, R$ 15,6 milhões são do Governo Federal, que foram repassados pelo Ministério da Cidadania, via Caixa Econômica Federal. O restante, de R$ 2,8 milhões, são da Prefeitura. A Arena Condá tem capacidade para 20.089 torcedores. As obras estão sendo executadas pela Construtora Oliveira.

A Administração Municipal também tem intenção de fazer uma nova Ala Oeste, completando as obras da Arena Condá.

Comente com o Facebook