Município de Itajaí realiza ação de combate à LGBTfobia na praça Arno Bauer


Para conscientizar a população sobre a violência contra a comunidade LGBTQIA+ e as formas de combate, o Município de Itajaí realizou nesta terça-feira (17) uma ação na praça Arno Bauer, no Centro. Organizado pela Rede de Atenção Integral às Pessoas em Situação de Violência (RAIPSV) e pelas Secretarias de Saúde e da Promoção da Cidadania, o evento é alusivo ao Dia Internacional de Enfrentamento à Violência contra População LGBTQIA+.

Na ação, voluntários entregaram um folder com informações sobre homofobia e respeito à diversidade. Além disso, foi realizada uma pesquisa com a população, aplicada por acadêmicos da Univali, sobre orientação sexual e conhecimento sobre identidade de gênero.

Além do movimento na praça Arno Bauer, nesta terça haverá o lançamento de uma cartilha elaborada pela Comissão de Direitos Humanos da OAB no Gabinete do Prefeito, uma palestra no Centro de Referência Especializado de Assistência Social e uma Moção de Apoio em favor do Coletivo Mães pela Diversidade na Câmara de Vereadores.

“É dever do Município lutar, expor e conscientizar a população para que todos possam ter um convívio com mais respeito e qualidade”, destacou Leandro Luy Peixoto, secretário municipal de Promoção da Cidadania.

A Semana de Combate à LGBTfobia é realizada pela Comissão de Enfrentamento à Violência contra a População LGBTQIA+ da RAIPSV, através das Secretarias de Saúde e da Promoção da Cidadania. O evento conta com o apoio da Fundação Cultural, Secretaria Municipal de Educação, Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), Coletivo Mães Pela Diversidade, Universidade do Vale do Itajaí (UNIVALI), Coletiva Epicena, Ordem dos Advogados do Brasil – Subseção de Itajaí e Centro dos Direitos Humanos de Itajaí (CDHI).

“É um marco realizar este evento, porque rompe barreiras de estereótipos em relação à comunidade LGBTQIA+ e fortalece o combate à violência contra essa população”, ressalta Danielle Sobreira, assistente social da Secretaria Municipal de Promoção da Cidadania.

Para a coordenadora da RAIPSV, Thamara Garcia Del Mir, a união de esforços entre a rede e as secretarias municipais tornou a ação possível. “Esta é a primeira vez que realizamos essa campanha no Município, que é tão importante e necessária quanto todas as demais que visam combater toda e qualquer forma de violência e violação de direitos”, finaliza.

A programação da Semana de Combate à LGBTfobia encerra na quinta-feira (19) com a apresentação do espetáculo teatral “Amar é crime”, na Casa da Cultura Dide Brandão, às 20h. Os ingressos são gratuitos e serão distribuídos meia hora antes, no local do evento.

Comente com o Facebook