Alesc promove sessão solene em homenagem aos 100 anos de Mondaí

- PUBLICIDADE -


A Assembleia Legislativa de Santa Catarina promoveu, na noite desta sexta-feira (13), uma  sessão solene para celebrar a passagem dos 100 anos de fundação do município de Mondaí. A solenidade aconteceu no Grêmio Cultural Ipanema e reuniu cerca de 300 pessoas, entre lideranças políticas, empresários, integrantes de associações culturais e representantes das famílias pioneiras no município.

- PUBLICIDADE -

Na ocasião, também foram homenageadas as instituições e personalidades que fizeram parte da história do município e se destacaram em ações em prol do seu desenvolvimento.

O evento teve início com a apresentação de um vídeo narrando os principais fatos da história da cidade, que teve seu início oficial em 20 de maio de 1922. Nesse dia, Hermann Faulhaber, diretor da empresa Chapecó-Peperi, estabeleceu o marco oficial daquele que é tido como o primeiro ponto de colonização do Extremo Oeste catarinense, a localidade Porto Feliz, formada por colonizadores alemães, italianos, romenos e luso-brasileiros.

Em sua fala, o deputado Altair Silva (PP), que foi o proponente da sessão, declarou que Mondaí, que se desenvolveu às margens do rio Uruguai, na divisa com o Rio Grande do Sul, é uma referência na região por ter sido a origem de diversos outros municípios vizinhos. Ele disse ainda que que atualmente a cidade, de aproximadamente 12 mil habitantes, é um polo de excelência na agricultura, ostentando o título de “Capital da Fruta” em Santa Catarina.

Outros destaques da economia local, segundo disse, também são as indústrias têxtil e moveleira, que impulsionadas pelo associativismo, vem proporcionando uma fase de pleno emprego entre a população mondaiense. “Mondaí é uma história de sucesso e a Assembleia Legislativa vem aqui hoje reconhecer o trabalho, a pujança, a tradição e as novas gerações que estão dando continuidade a este trabalho”, disse.

O prefeito local, Valdir Rubert, qualificou a solenidade como um “momento de reflexão para recordar, agradecer, honrar e parabenizar” as famílias pioneiras e também as entidades que contribuíram para o desenvolvimento da cidade. Ao final, ele agradeceu ao Parlamento estadual pelo gesto. “É o reconhecimento do estado de Santa Catarina ao povo e ao município. Agradeço imensamente a oportunidade, e é uma honra receber essa homenagem ao nosso município de Mondaí.”

Falando em nome dos homenageados, o presidente da Associação Comercial e Industrial (ACI) de Mondaí, Adair Bruch, acrescentou que a cidade atualmente possui uma das maiores rendas per capita do estado, mas que o desenvolvimento da economia local, esbarra em uma série de dificuldades, comuns a outros municípios da região.

Ele aproveitou o momento para pedir mais investimentos públicos para a melhoria da estrutura de rodovias e aeroportos, e para serviços como tratamento de água e esgoto, energia elétrica e atendimento hospitalar. “Precisamos tornar esse PIB per capita que já é muito bom, melhor. Tornar Santa Catarina maior.”

Veja aqui mais fotos do evento.

Destaque na região
Ainda durante a sessão, outros deputados, que integram a Bancada do Oeste na Assembleia Legislativa, se pronunciaram em homenagem a Mondaí.

“É muito importante essa valorização, esse reconhecimento, a um dos nossos municípios mais antigos do Oeste, que deu origem a outros aqui na região e que está completando 100 anos. Estamos homenageando as pessoas que fizeram a sua história”, disse Mauricio Eskudlark (PL), vice-presidente da Assembleia Legislativa.

“Para nós é um orgulho muito grande saber que essa é uma região promissora, uma região que desponta no cenário nacional, porque aqui é o berço do agronegócio de Santa Catarina, o nosso Grande Oeste, e daqui sai 70% da produção do estado. Por isso, a justa homenagem que a Assembleia Legislativa presta, por meio do requerimento do deputado Altair Silva, a esta cidade chamada Mondaí”, acrescentou Marcos Vieira (PSDB).

“É uma história de muitas realizações, de muitas conquistas, de sofrimento, mas também de alegria. “Esse povo de Mondaí tem uma marca muito forte no seu DNA, que é o trabalho, a perseverança, acreditar na potencialidade não só das pessoas, mas também do seu município. E a Assembleia Legislativa estar aqui em um momento tão importante, reconhecendo os 100 anos desse município, gratifica também a nós parlamentares, porque é um reconhecimento da casa de leis, da casa dos catarinenses, para com esse cantinho aqui do Extremo Oeste de Santa Catarina que é muito importante para o nosso estado, para a nossa economia”, declarou Mauro de Nadal (MDB).

Homenageados

  • Poder Executivo municipal, representado pelo prefeito, Valdir Rubert;
  • Valdir Rubert, prefeito de Mondaí;
  • Alzir Slaviero, vice-prefeito de Mondaí;
  • Câmara Municipal de Vereadores de Mondaí, representada pelo seu presidente, vereador Roberto Bernardy;
  • Escola de Educação Básica Delminda Silveira, representada pelo diretor, Marcos André Rech;
  • Associação Comercial e Industrial de Mondaí, representada pelo seu presidente, Adair Bruch;
  • Reinoldo Toebe, prefeito de Mondaí entre 1969 e 1970;
  • Hugo Marquardt, vereador de Mondaí entre 1958 a 1962;
  • Sigfried Bruggemann, pessoa mais idosa nascida em Mondaí;
  • Lydia Balmer Lehrbach;  
  • Associação Hospitalar de Mondaí, representada pelo seu presidente, Paulinho Stecker;
  • Lions Clube de Mondaí, representado pela sua presidente, Silvania Junkes;
  • Coral 25 de Julho, representado pelo seu presidente, Adair Antônio Mallmann;
  • Grupo Escoteiro Yacumã, representado pelo seu presidente, Jackes Leandro Zundel;
  • Rádio Porto Feliz, representada pela sua diretora geral, Erica Knorr;
  • Grêmio Cultural Ipanema, representado pelo seu presidente, Edison Reinki;
  • Edi Wiland Bader;
  • Erna Wolschick;
  • Gisela Dreger;
  • Ilga Olinda Kern;
  • Ilsa Blanck Foschesatto;
  • Ilse Elisabeth Koelln, representada por seu filho, Bernd Eckark Koelln;
  • Ira Kich;
  • Norberto Bock;
  • Renate Lydia Averbeck.