NAPA vai buscar parcerias com universidades para montar Centro de Triagem


Na manhã desta sexta-feira estiveram na sala de reuniões da Prefeitura de Chapecó o prefeito, João Rodrigues, a Primeira Dama, Fabiana Rodrigues, a coordenadora do Núcleo de Apoio aos Pequenos Animais (NAPA), Ana Batista Triantafyllou, o médico veterinário e gerente do NAPA, Eugênio Lorenzetti, o diretor da secretaria de Planejamento e Desenvolvimento, Maurício Lise da Rocha, o vereador Wilson Cidrão e representantes das ONGs Amparo Animal, Cão Cidadão e Mais Vira Latas.

Durante a reunião foi apresentado um projeto para construção de um Centro de Triagem, que seria um local onde ficariam em recuperação animais de rua ou de famílias carentes, vítimas de maus tratos ou de cirurgias de reparação.

De acordo com Eugênio Lorenzetti, atualmente o NAPA realiza castração mas não tem como fazer cirurgia de reparação de um atropelamento, por exemplo, pois não tem este espaço de recuperação.

No entanto o custo do projeto apresentado foi considerado alto e, por isso, será buscada uma parceria com universidades. A ideia é que os animais permaneçam 15 a 20 dias neste espaço, para depois devolução ao convívio comunitário.

Lembrando que o NAPA não é um serviço de recolhimento de animais, tipo “carrocinha” O intuito primordial do NAPA, neste primeiro momento, é a castração. São realizadas 30 esterilizações semanais através do convênio com clínicas particulares da cidade. Com isso faz o controle populacional e de zoonoses. O NAPA também atende denúncias de maus tratos, doação de casinhas e faz orientação para as famílias.

Um projeto está tramitando na Câmara de Vereadores para organizar a doação de rações.

Todas as solicitações devem ser feitas através do aplicativo Chapecó Digital, sejam elas denúncias de maus tratos, pedidos de casinhas ou castração.

Fonte: link

Comente com o Facebook