Alunos de escolas públicas de Joinville comemoram Dia Mundial da Dança com aulas de jazz e danças urbanas


Os alunos da Escola Municipal Curt Alvino Monich, da Rede Pública Municipal de Joinville, viveram uma manhã cheia de movimentos diferentes nesta sexta-feira (29/4). Para celebrar o Dia Mundial da Dança, os estudantes que integram o Programa Dança na Escola foram convidados para participar do Projeto Passo Cultural do Instituto Festival de Dança de Joinville. Crianças e adolescentes de seis a 14 anos experimentaram aulas de jazz e de danças urbanas em uma atividade realizada no Saltare Centro de Dança.

“É uma experiência que, com certeza, será inesquecível para todos. Sair da escola, visitar um centro cultural e conhecer outros professores vale mais do que qualquer material, qualquer recurso que possamos levar para a sala de aula”, avaliou a professora de educação física e de dança, Maristela Nocera.

Cada aula teve duração de uma hora e meia, mas antes mesmo de chegar à metade dela os alunos já estavam familiarizados com os movimentos de cada gênero e conseguiam repetir os passos que a professora de jazz, Bruna Farias, e o professor de danças urbanas, Jhon Helder Garcia, ensinaram. Segundo Bruna, mesmo entre os alunos mais novos já era possível perceber que havia conhecimento de ritmo e de contagem de tempo, noções essenciais para iniciar o aprendizado.

“Percebemos, após a volta do ensino remoto, que muitas crianças estão sem resistência e passaram muito tempo sem desenvolver a consciência corporal que as brincadeiras ao ar livre proporcionam. Na dança eles trabalham tudo isso para voltarem a se desenvolver”, afirma a bailarina.

Nas próximas semanas, outras escolas integrantes do Programa Dança da Escola participarão das aulas do Projeto Passo Cultural. Além disso, a parceria entre a Secretaria de Educação de Joinville e o Instituto Festival de Dança de Joinville estendeu-se a todas as escolas municipais de Joinville, que nesta sexta-feira receberam jornais impressos com atividades para os professores trabalharem a história da dança com os alunos. Até o fim do ano, a exposição História em Imagens, que conta a trajetória do Festival de Joinville por meio de fotos, passará por todas as unidades escolares da Rede Pública Municipal.

A parceria contempla ainda a participação das professoras do Programa Dança na Escola nos cursos do Festival de Joinville, em julho, como forma de aperfeiçoamento do trabalho educacional. Também durante o evento, os alunos do Dança na Escola poderão assistir às apresentações das noites especiais e da Mostra Competitiva no Camarote Nota Dez, espaço reservado para os estudantes que apresentam bom rendimento escolar e assiduidade, entre outros critérios.

Programa Dança na Escola atende aproximadamente 500 alunos no contraturno

O Programa Dança na Escola existe há 23 anos na Rede Municipal de Joinville. Nos anos de 2020 e 2021, no entanto, as aulas ficaram suspensas devido às regras do Plano de Contingenciamento Escolar contra a Covid-19 (PlanCon). Em fevereiro de 2022, nove escolas reativaram o projeto, com atendimento a cerca de 500 alunos do Ensino Fundamental em contraturno.

Nas aulas, são realizadas atividades para trabalhar a aptidão física, a coordenação motora e a flexibilidade, com a dança servindo como uma ferramenta para o desenvolvimento integral do estudante. As professoras trabalham também diferentes as formas de expressão, a criatividade, a disciplina e o trabalho em grupo. Tradicionalmente, cada turma cria uma coreografia a partir de ideias desenvolvidos em conjunto com os alunos

Fonte: link

Comente com o Facebook