Mutirão Juntos Pelo Rio e Contra o Aedes aegypti recolhe cinco toneladas de lixo


Com a mobilização de mais de 1.200 voluntários, o mutirão Juntos Pelo Rio e Contra o Aedes aegypti recolheu mais de cinco toneladas de lixo por terra e pelo rio. Deste montante, duas toneladas eram de material reciclável, principalmente plástico e garrafas de vidro. A limpeza foi feita, no último sábado (09), no rio Itajaí-açu, Baía Afonso Wippel, avenida Beira-Rio, Molhes da Barra e Praia do Atalaia.

O mutirão, promovido pelo Município de Itajaí através do Semasa e do Porto e com apoio de órgãos públicos e privados, estava planejado desde março de 2020, seguindo uma tradição iniciada na edição de 2012 da regata Volvo Ocean Race. A data atual foi escolhida para que o evento acontecesse entre o Dia Mundial da Água (22 de março) e o Dia Mundial da Terra (22 de abril).

Nesta edição, o peso total recolhido foi menor do que no último mutirão em 2019, mas o volume em área limpa pelos voluntários foi mais significativo. Desta vez, houve um alto percentual de rejeitos de baixa densidade, como o isopor. Foram encontrados ainda aparelhos eletrônicos, móveis, utilidades domésticas, pneus, escovas de dente, garrafas de vidro e de plástico e tampinhas pet. Os resíduos não recicláveis recolhidos na ação foram destinados ao aterro sanitário e os recicláveis foram doados à Cooperativa de Trabalho dos Catadores de Material Reciclável da Foz do Rio Itajaí (Cooperfoz).

A relações públicas do Semasa, Natália Simões Pires, representante da autarquia na organização do evento, aponta a importância da mobilização: “assim como precisamos do rio, ele também precisa de nossa ação e consciência”.

Entre os participantes desta edição do Juntos pelo Rio estavam estudantes, profissionais liberais, professores, servidores públicos, ambientalistas e comunidade em geral. O mutirão retirou resíduos do rio Itajaí-açu, da baía Afonso Wippel, da avenida Beira-rio, dos molhes e praia do Atalaia. Voluntários também atuaram nas margens do rio no lado de Navegantes. Mais de vinte embarcações se envolveram na ação.

O evento incluiu ainda oficinas de educação ambiental, blitz educativa sobre o combate ao mosquito transmissor da dengue, exposição de amostras de lixo recolhidas em mergulhos e jogo de tabuleiro sobre conservação da natureza. O Laboratório de Gestão e Valoração de Resíduos da Univali atuou na separação de amostras dos resíduos recolhidos para analisar a origem e composição desses materiais.

A edição de abril de 2022 do Juntos Pelo Rio e Contra o Aedes Aegypti teve como apoiadores Univali, Associação Náutica de Itajaí (ANI), Unificado, Marina Itajaí, Marinha do Brasil, Corpo de Bombeiros, Defesa Civil, Cooperfoz, Programa de Controle de Dengue de Itajaí, Allog, Poly Terminais, Hobbyshare, Braskarne, Trocadeiro, OGMO, APM Terminals, Gomes da Costa, Instituto Itajaí Sustentável (INIS), Associação de Surf Praias de Itajaí (ASPI), Praticagem (Itajaí e Navegantes Pilots), Codetran, Grupo Escoteiro do Mar Almirante Tamandaré, Vale Indústria, Equilibrios, Valle Ambiental, Recicla Itajaí, NGI Sul, Portonave, Multilog, Agenda 21, Dracares, Instituto Ambiental de Navegantes (IAN), Cooperfoz, Ecolitoral, MSC, Medlog, Barra do Rio, Associação Empresarial de Itajaí, Distribuidora Muller e Slice, Allber Engenharia e Ambipar Response.

Comente com o Facebook